sicnot

Perfil

Mundo

A ciência precisa do seu cérebro

© Neil Hall / Reuters

Há falta de cérebros de pessoas com distúrbios, como depressão e stress pós-traumático para investigação, dizem os cientistas.

Os cientistas estão a apelar para que mais pessoas doem o seu cérebro para pesquisa depois de morrerem. O objetivo dos investigadores é desenvolver novos tratamentos para distúrbios mentais e neurológicos.

O cérebro humano tem tanto de fantástico como de complexo. Os seus circuitos mudam e crescem como nós. É um órgão que representa uma encarnação física do nosso comportamento e de quem somos.

Mais de 3.000 cérebros estão armazenados no Centro de Recursos de Tecido Cerebral de Harvard no Hospital McLean, nos arredores de Boston.

É um dos maiores bancos de cérebro do mundo.

  • Despenalização da eutanásia votada na terça-feira no Parlamento
    2:04
  • Há companhias aéreas a contratar. TAP é uma delas
    1:28

    Economia

    Com o crescimento do turismo, que continua a bater recordes, as companhias aéreas querem profissionais para reforçar as rotas com maior procura e oferecer novos destinos. Só a TAP prevê contratar mais 700 pessoas este ano para várias funções, incluindo 300 tripulantes de cabina e 170 pilotos.

  • O bombeiro herói que recebe 267 euros de pensão
    2:36
  • Funcionários dos EUA na Coreia do Norte para preparar cimeira
    2:19