sicnot

Perfil

Mundo

Volkswagen admite culpa nos EUA por fraude nas emissões poluentes

O fabricante automóvel alemão Volkswagen (VW) declarou-se hoje culpado, num tribunal de Detroit, de conspirar para defraudar milhares de pessoas nos Estados Unidos com a manipulação das emissões poluentes nos veículos com motores 'diesel'.

A declaração de culpabilidade da VW faz parte do acordo que o grupo alemão alcançou em janeiro com as autoridades norte-americanas para resolver o caso que afetou quase 600 mil veículos com um dispositivo que manipula as emissões poluentes realmente produzidas.


Segundo o acordo, a empresa vai pagar 2.800 milhões de dólares (2.640 milhões de euros) como "multa penal por conspiração de longo prazo para vender aproximadamente 590 mil veículos a 'diesel' nos Estados Unidos usando um dispositivo que manipulava os testes de emissões ordenados pela Agência de Proteção Ambiental (EPA)" e autoridades da Califórnia.


A VW terá ainda de pagar 1.500 milhões de dólares (1.400 milhões de euros) por importação e venda nos Estados Unidos de veículos manipulados e por fraude aduaneira.


Após a VW ter admitido a culpabilidade, o juiz instrutor do caso, Sean Cox, anunciou que vai estudar o acordo alcançado entre as duas partes, de acordo com a agência Efe.


Cox, que fixou a data de 21 de abril para ditar formalmente a sentença, afirmou que os delitos pelos quais o fabricante alemão se declarou culpado são "muito graves".

Lusa

  • IPSS no Seixal alvo de processo e auditoria financeira
    1:47

    País

    A Segurança Social está fazer mais uma inspeção total a uma IPSS, agora na Associação Unitária de Reformados, Pensionistas e Idosos do Seixal. A fiscalização já recolheu documentação e está agora a passar a pente fino as contas, os serviços e todos os procedimentos da Instituição.

    Investigação SIC - Hoje no Jornal da Noite

    SIC

  • "Vai custar muito a voltarmos à realidade"
    2:22
  • Ministro alemão elogia Centeno que está otimista com o futuro da Zona Euro
    1:13

    Economia

    Mário Centeno diz que a Zona Euro tem um futuro positivo pela frente e acredita que o grupo dos países do euro está alinhado num projeto comum. Declarações do novo presidente do Eurogrupo no final de um encontro com o ministro das Finanças alemão, em Berlim. Peter Altmaier deu Portugal como exemplo de sucesso e reconheceu que foi um erro dividir a Europa entre Norte e Sul durante os anos da crise.

  • Trump mentalmente apto para ser Presidente dos EUA

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos foi na semana passada sujeito aos exames médicos anuais obrigatórios. O médico oficial da Casa Branca informou esta terça-feira que Donald Trump está de "excelente" saúde, não apenas física, mas também mental. As dúvidas sobre as capacidades cognitivas de Trump ganharam força após as revelações feitas no livro "Fire and Fury: Inside the Trump White House".

    SIC

  • Quando o frio até as pestanas congela

    Mundo

    Os termómetros desceram até aos - 67º Celsius em Yakutia, 5.300 quilómetros a Este de Moscovo, na Rússia. Nesta região, os estudantes estão habituados a manter as rotinas, mesmo quando as valores chegam aos - 40º Celsius, mas esta terça-feira as autoridades encerraram escolas e aconselharam a população a ficar em casa, longe do frio que até as pestanas congela.

    SIC