sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos cinco mortos e 12 feridos em dois atentados na capital da Somália

Um dos atentados ocorreu perto do hotel Weheliye

© Feisal Omar / Reuters (ARQUIVO)

Pelo menos cinco pessoas morreram e 12 ficaram feridas hoje em dois atentados com carros armadilhados em Mogadíscio, a capital da Somália, informaram uma fonte policial e testemunhas, citadas pela agência France Presse.

No entanto, o balanço dos dois atentados, perto de um hotel e num controlo rodoviário militar, é de pelo menos oito mortos e 15 feridos, segundo fontes policiais referidas pela agência noticiosa espanhola EFE.


O responsável da polícia Ise Gure Mohamed, citado pela AFP, declarou que "mais de cinco pessoas foram confirmadas mortas até ao momento e numerosas outras ficaram feridas na explosão de um carro perto do hotel Weheliye".


A explosão aconteceu numa via muito frequentada que conduz ao palácio presidencial.


"Vi os corpos de sete pessoas, mas o balanço pode ser mais elevado. Algumas pessoas ficaram gravemente feridas num salão de chá próximo da estrada onde o veículo explodiu", indicou uma testemunha, Muhidin Ali.


Abdirahman Mohamed, uma outra testemunha, afirmou ter contado 10 corpos.
Segundo os serviços de ambulância da cidade, pelo menos oito pessoas ficaram feridas.
O grupo extremista islâmico Al-Shabab reivindicou o atentado contra o hotel, que, segundo ele, abrigava "oficiais e apóstatas".


Um pouco antes, tinha ocorrido uma outra explosão no leste de Mogadíscio num controlo rodoviário militar, quando soldados fizeram parar um miniautocarro suspeito. Pelo menos quatro pessoas ficaram feridas neste atentado, indicou a AFP.


"Estamos chocados com as explosões que visam prejudicar a população", reagiu o novo primeiro-ministro somali, Hassan Ali Khaire. "Prometo que nos vamos opor aos elementos sedentos de sague com mão de ferro", adiantou.


O Al-Shabab foi afastado de Mogadíscio em agosto de 2011 pela força da União Africana na Somália (AMISOM), destacada em 2007 para apoiar o frágil governo somali e com 22.000 homens.


O grupo terrorista também perdeu a maioria dos seus bastiões, mas continua a controlar vastas zonas rurais no país e realiza operações de guerrilha e atentados suicidas, frequentemente na capital.

Lusa

  • Drone inglês evita execução do Daesh na Síria
    2:08

    Mundo

    A Força Aérea britânica divulgou esta terça-feira um vídeo que mostra um drone a parar uma execução pública que estaria prestes a acontecer às mãos do Daesh, na Síria. As imagens, apesar de cortadas pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, mostram várias pessoas na rua, uma explosão e, depois, a fuga.

  • Atrás das Câmaras em Fátima
    2:48
  • Como fazer negócios no mercado dos leilões
    7:15
  • PS quer reconquistar poder em Vila Viçosa
    2:06

    Autárquicas 2017

    Ana Catarina Mendes insistiu na ideia de que o PSD escolheu um modo perigoso de fazer campanha, ao insistir nas críticas à lei da imigração. Ana Catarina Mendes, secretária-geral adjunta do PS, esteve esta quarta-feira em campanha no distrito de Évora.

  • Troca de argumentos entre Medina e Cristas marca campanha em Lisboa
    2:34

    Autárquicas 2017

    Esta quarta-feira o dia de campanha em Lisboa ficou marcado por uma troca de argumentos entre Fernando Medina e Assunção Cristas. O atual presidente da Câmara acusa a candidata do CDS de não respeitar os lisboetas por admitir que pode não exercer o cargo de vereadora até ao fim do mandato. Já Assunção Cristas garante que se for eleita cumpre o mandato até ao fim.

  • "Não toleramos ameaças de ninguém"
    2:13
  • Número de tartarugas marinhas está a aumentar

    Mundo

    O número de tartarugas marinhas está a crescer, levando investigadores a considerar que os esforços para salvar estes animais são uma "história de sucesso da conservação global", indica um estudo divulgado esta quarta-feira.

  • Tubarões vivem mais tempo do que se pensava

    Mundo

    Uma revisão de dados sobre avaliação da idade dos tubarões revela que muitas espécies têm maior longevidade do que se pensava, o que poderá obrigar a uma revisão dos planos de conservação das mais ameaçadas.

  • Como mudar um templo com 135 anos e 2 mil toneladas... de lugar

    Mundo

    Um templo budista do século XIX é um dos mais populares em Xangai, na China. Visitado diariamente por milhares de pessoas, precisava de ser relocalizado para evitar que uma tragédia acontecesse. E mesmo pesando cerca de duas mil toneladas, a missão acabou por se provar possível.

  • Casal morre com horas de diferença depois de 75 anos de casamento

    Mundo

    George e Jean Spear morreram no passado dia 15 de setembro, no hospital de Queensway Carleton, em Ottawa (Canadá), depois de terem celebrado 75 anos de casamento em agosto. A britânica de 94 anos conheceu o candaniano em 1941, num salão de bailes, em Londres. George Spear servia as Forças Armadas durante a Segunda Guerra Mundial.

    SIC