sicnot

Perfil

Mundo

Aranhas comem anualmente até 800 milhões de toneladas de insectos e invertebrados

Aranha-caçadora da Autrália

© Tim Wimborne / Reuters

O apetite das aranhas faz desaparecer todos os anos entre 400 e 800 milhões de toneladas de insetos e outros invertebrados, controlando pragas, sobretudo em zonas de floresta, segundo um estudo divulgado esta terça-feira.

O suíço Martin Nyffeler, da universidade de Basileia, Klaus Birkhofer, da universidade de Lund, na Suécia e investigadores da universidade de tecnologia Cottbus-Senftenberg de Brandeburgo, na Alemanha, calcularam primeiro que há 25 milhões de toneladas de aranhas em sete sistemas ambientais no mundo, a partir de 65 estudos anteriores.

Em comparação, os seres humanos comem anualmente 400 milhões de toneladas de carne e peixe, enquanto as baleias consomem entre 280 e 500 milhões de toneladas e as aves marinhas comem 70 milhões de toneladas.

No documento publicado na revista The Science of Nature, os investigadores, que usaram modelos matemáticos e dados de trabalhos de campo, estimam que 95% dos insetos comidos pelas aranhas são consumidos em zonas de vegetação, indicando que isso se deve a serem zonas com menos urbanização ou agricultura.

As aranhas também são alimento para entre 8.000 e 10.000 predadores, incluindo entre 3.000 e 5.000 espécies de pássaros conclui ainda o estudo.

Lusa

  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, fez 100 dias este sábado. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52