sicnot

Perfil

Mundo

Mulher mais pesada do mundo perdeu 120 quilos num mês

Uma mulher egípcia que chegou a pesar 500 quilos, sendo por isso considerada a mais pesada do mundo, foi submetida a uma cirurgia para perda de peso. A intervenção foi realiza num hospital da Índia e Eman Ahmed Abd El Aty, de 36 anos, já perdeu 120 quilos em menos de um mês.

De acordo com o porta-voz do Saifee Hospital, que falou à BBC, espera-se que Eman Aty continue a perder peso nos próximos meses.

"Estamos a tentar que ela perca peso de modo a que consiga regressar ao Egito o mais rapidamente possível", refere também o comunicado do hospital de Mumbai.

Nos últimos 25 anos, Eman Aty nunca saiu de casa devido à sua obesidade. A família foi obrigada a fretar um avião para transportá-la para Mumbai, onde foi submetida aos cuidados de uma equipa de médicos liderada pelo cirurgião Muffazal Lakdawala, que revela que o objetivo passa por pesar menos de 100 quilos.

O financiamento das deslocações, bem como de outras despesas inerentes ao tratamento de Eman Aty, estão a ser possíveis em parte graças ao crowdfunding. O cirurgião Muffazal Lakdawala envolveu-se pessoalmente na campanha "Ajude a salvar Eman".

  • Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas
    1:40

    Economia

    Carlos Moedas diz que Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas a propósito da saída do procedimento por défice excessivo. Em entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, o comissário europeu levanta dúvidas sobre a renegociação da dívida e garante que a escolha de Mário Centeno para a liderança do Eurogrupo vai depender do entendimento dos países do euro.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Polícia usa gás lacrimogéneo para dispersar manifestantes contra cimeira do G7
    2:28

    Mundo

    A cimeira do G7 terminou este sábado com confrontos entre manifestantes e a polícia na ilha italiana da Sicília e sem o compromisso de Donald Trump sobre o Acordo de Paris para a redução de emissões de dióxido de carbono. O Presidente dos EUA fez saber na rede social Twitter que vai tomar a decisão final durante a próxima semana.