sicnot

Perfil

Mundo

Mais de 30 mortos em ataque a barco com refugiados somalis no Iémen

© ABDULJABBAR ZEYAD / Reuters

Pelo menos 33 refugiados somalis, incluindo mulheres e crianças, foram mortos a tiro a bordo de uma embarcação no Mar Vermelho, disseram hoje responsáveis da cidade de Hodeida, no Iémen, que é controlada pelos rebeldes.

Os corpos de 33 refugiados foram levados para hospitais da cidade portuária, disse um responsável hospitalar, adiantando que também deram entrada 35 feridos.

Uma fonte portuária em Hodeida, controlada pelos rebeldes xiitas Huthi, confirmou o balanço de 33 mortos.

Segundo o porta-voz da Organização Internacional para as Migrações (OIM), Joel Millman, o número de mortos é de pelo menos 31 e 80 sobreviventes foram transportados para hospitais.

O ataque foi noticiado antes por uma agência noticiosa dos rebeldes iemenitas, que referiu que a embarcação com os refugiados se encontrava perto do estreito de Bab al-Mandab.

Num contacto com a imprensa em Genebra, Millman disse não poder confirmar informações de que o ataque, que teria acontecido na quinta-feira, tinha sido realizado por um helicóptero Apache.

"A nossa confirmação é que há dezenas de mortos e dezenas de sobreviventes levados para hospitais", referiu o porta-voz da OMI citado pela agência norte-americana Associated Press.

  • Quase 200 queixas por dia sobre serviços de saúde em 2017
    1:46

    País

    Foram apresentadas, em 2017, quase 200 queixas por dia sobre o funcionamento dos serviços de saúde públicos e privados. As questões administrativas e os tempos de espera foram as principais razões das mais de 70 mil reclamações recebidas pela Entidade Reguladora da Saúde.

  • Fim de semana com chuva e descida da temperatura

    País

    A chuva regressa hoje a Portugal continental e permanece pelo menos até ao início da semana, prevendo-se ainda uma descida da temperatura máxima entre 04 a 06 graus Celsius, disse à Lusa a meteorologista Cristina Simões.

  • O projeto pioneiro que apoia crianças com doenças incuráveis
    3:30

    País

    A única unidade de cuidados paliativos pediátricos do país situa-se em São Mamede de Infesta. Inaugurado há quase dois anos, pelo Kastelo, há passaram 68 crianças com doenças incuráveis. A instituição lançou agora uma campanha de donativos para construir um parque aquático.