sicnot

Perfil

Mundo

EUA impõem restrições a aparelhos eletrónicos em aviões provenientes de 10 aeroportos

© Carlo Allegri / Reuters

Os Estados Unidos estão a impor novas restrições ao uso de certos aparelhos eletrónicos em aviões provenientes de 10 aeroportos do Médio Oriente e Norte de África. A deliberação da Administração norte-americana surge na sequência de ameaças terroristas não especificadas. Tabletes, computadores e DVD portáteis, câmaras fotográficas e de vídeo, são exemplos dos aparelhos que passam a não ser permitidos na cabine, podendo ser transportados apenas no porão.

O Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos impôs novas regras aos passageiros oriundos da Jordânia, Egito, Turquia, Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Koweit, Marrocos e Qatar, relativas ao transporte de todos os aparelhos eletrónicos maiores que um telemóvel.

Os aeroportos afetados por esta medida hoje anunciada são os de Amã, Cairo, Cidade do Koweit , Doha, Dubai, Istambul, Adu Dhabi, Casablanca, Riade/ Jeddah (Aeroporto Internacional King Abdulaziz) e Arábia Saudita.

As companhias aéreas têm até sexta-feira para proceder ao cumprimento das novas medidas.

Fontes oficiais garantem que a medida nada tem a ver com as restrições impostas por Donald Trump à entrada nos EUA de pessoas provenientes de seis países de maioria muçulmana.

Um porta-voz do Departamento de Segurança Interna, citado pela agência Reuter, garantiu que a decisão "não visa determinados países, é baseada na avaliação dos serviços de informação que determinou quais os aeroportos afetados".

A Administração norte-americana anunciou ontem esta intenção, confirmada hoje, com base em ameaças terroristas que não especificou, que continuam a demonstrar o interesse em atingir aviões comerciais e centros de transporte, como os aeroportos.

  • Luaty Beirão satisfeito com sinais de mudança de paradigma em Angola
    4:03

    Mundo

    Sete meses depois da tomada de posse de João Lourenço como presidente de Angola, o país vive um tempo de revoluções. Mudanças inéditas que, nas palavras do ativista Luaty Beirão, permitem ter esperança num futuro melhor. O músico esteve em Lagos, a convite da Câmara Municipal, para falar sobre Livros e Liberdade.

  • O portal onde pode consultar certidões e outros documentos sem sair de casa
    7:37
  • Presidente da Comunidade de Madrid demite-se depois da divulgação de vídeo de roubo
    1:27