sicnot

Perfil

Mundo

Turistas de icebergues reúnem-se no Canadá

Greg Locke

Uma pequena cidade em Newfoundland, no Canadá, tornou-se um repentino ponto turístico no passado fim-de-semana, graças a um novo visitante: um dos primeiros icebergs da temporada.

A CBC News do Canadá disse que durante o fim-de-semana da Páscoa, a estrada de Southern Shore perto da cidade de Ferryland foi bloqueada com o trânsito de fotógrafos, profissionais e amadores, a querer registar momento.

Greg Locke

A área ao largo da costa de Newfoundland e Labrador é conhecida como "Alley Iceberg" graças ao grande número de blocos de gelo que deriva para baixo a partir do Ártico na primavera.

"Este iceberg em particular é bastante grande, e alojou-se perto do litoral, oferecendo uma boa oportunidade para fotos" disse Adrian Kavanagh à The Canadian Press.

Greg Locke

"Já foi uma temporada movimentada na "Iceberg Alley", com centenas de icebergs relatados no Atlântico, muito mais do que o habitual para esta época do ano nas regiões costeiras." "Isso é uma boa notícia para os operadores turísticos" disse um empresário à Rádio CBC.

  • Passos nega que resultado das autárquicas ponham em causa liderança do PSD
    7:46
  • PS e PSD trocam acusações sobre Tancos
    1:18
  • Homens vítimas de violência doméstica
    31:17
  • Marcelo mergulha na baía de Luanda
    0:45
  • Marcelo garante que relações com Angola "estão vivas"
    1:50

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa sublinhou esta segunda-feira as boas relações entre Portugal e Angola. À chegada a Luanda para a posse do novo Presidente angolano João Lourenço, o chefe de Estado português aproveitou para tomar um banho de mar.

  • Défice chegou aos 2.034 milhões em agosto
    1:51

    Economia

    O défice do Estado caiu 1.900 milhões de euros até agosto, em comparação com o ano passado. A recuperação da economia ajudou a baixar o défice, com mais receitas e impostos acima do esperado. Já a despesa pública ficou praticamente inalterada e os pagamentos do Estado em atraso subiram.

  • Morreu a egípcia que chegou a pesar 500 quilos

    Mundo

    A egípcia Eman Ahmed Abd El Aty, de 37 anos, que chegou a pesar 500 quilos, morreu num hospital de Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, devido a complicações cardíacas na sequência do seu excesso de peso.