sicnot

Perfil

Mundo

Caçador sul-africano morto por crocodilo no Zimbábue

Antara Foto Agency

Uma equipa de investigadores realizou testes de ADN na carapaça de um crocodilo no Zimbábue e detetou vestígios de um caçador sul-africano que estava desaparecido.

Scott Van Zyl terá sido morto na semana passada na província de Limpopo, na África do Sul, segundo Sakkie Louwrens, diretor do departamento de combate ao crime na África do Sul.

Sakkie Louwrens avançou à BBC que o caçador tinha desaparecido na semana passada, durante uma caçada na província de Limpopo, e que estava acompanhado por um guia local e vários cães.

O guia afirmou às autoridades que se tinha separado de Scott Van Zyl durante a caçada e que no final tinha regressado sozinho para o local onde estavam alojados.

"Foi dada permissão para matar três crocodilos e um deles tinha vestígios de Scott Van Zyl no sistema digestivo", afirmou à BBC o diretor do departamento de combate ao crime na África do Sul.

Este ano, já foram registados pelo menos quatro mortes por ataques de crocodilos no país.

  • Leão de Ouro de Souto de Moura faz "muito bem à alma" dos portugueses
    1:53
  • "Sonho com um futuro melhor", o desejo de um jovem sírio em Portugal
    2:12

    País

    Mais de 50 jovens sírios chegaram esta madrugada a Lisboa, para iniciarem o novo ano letivo, em Portugal. Sonham com um futuro melhor. Sonham com uma educação melhor. Os 54 estudantes vieram ao abrigo do programa lançado pelo antigo Presidente da República, Jorge Sampaio, que nos últimos anos já deu uma nova oportunidade a cerca de 200 alunos.

  • Na linha do triunfo
    16:49
  • Chamas do incêndio no Europa Park na Alemanha atingiram os 15 metros de altura
    0:57