sicnot

Perfil

Mundo

Manifestantes derrubam e incendeiam estátua de Hugo Chávez

Marco Bello

Estudantes venezuelanos derrubaram e incendiaram, sexta-feira, uma estátua do falecido presidente e promotor da revolução bolivariana Hugo Chávez (presidiu o país entre 1999 e 2013), na localidade Villa del Rosário, 790 quilómetros a oeste de Caracas.

Segundo o presidente do Instituto Municipal do Ambiente, Orlando Finol, enquanto os estudantes derrubavam a estátua do falecido líder socialista, um grupo de manifestantes opositores queimaram uma portagem e teriam ainda causado danos materiais ao edifício da Câmara Municipal de Villa del Rosário e aos escritórios de um notário público.

Os opositores protestavam contra a convocatória de uma Assembleia Constituinte, junto da portagem, quando a Guarda Nacional Bolivariana (polícia militar) interveio e reprimiu os manifestantes, que se deslocaram para o centro da povoação, onde mais tarde ocorreram os factos.

Teria sido durante o ataque ao edifício da Câmara Municipal de Villa del Rosário, que "um grupo de estudantes do Liceu Júlio César Salar, aproveitou a situação para derrubar e queimar a estátua do comandante Hugo Chávez" e causar ainda danos na praça onde estava colocada.

Um vídeo divulgado através das redes sociais dá conta do momento em que várias pessoas atiram a estátua para o chão, destruindo-a e pegando-lhe fogo.Segundo, Bianneris Blanco, diretora do gabinete do alcaide Olegário Martínez, foram ainda subtraídos equipamentos e materiais da câmara municipal.

  • Chamas passaram por cima da A23
    1:06

    País

    A A23 esteve cortada ao longo do dia por causa do fumo e das chamas. Em direto para a SIC Notícias, perto das 18h30, os repórteres da SIC presenciaram o momento em que o fogo passou por cima da autoestrada da Beira Interior.

  • "Só numa ditadura é possível tentar esconder o número de vítimas"
    0:51

    Tragédia em Pedrógão Grande

    O primeiro-ministro diz que é "lamentável" a tentativa de aproveitamento político à volta dos incêndios. António Costa esteve esta quarta-feira à tarde na Autoridade Nacional de Proteção Civil e, no final do briefing, disse que é preciso confiança nas instituições do Estado. O primeiro-ministro deixou ainda muitas críticas à oposição no caso da lista de vítimas de Pedrógão Grande.

  • E os 10 mais ricos de Portugal são...

    Economia

    A família Amorim lidera a lista dos mais ricos do país, com uma fortuna avaliada em 3840 milhões de euros. Em segundo lugar surge Alexandre Soares dos Santos com 2532 milhões de euros. A família Guimarães de Mello ainda entra para o top 3, com um valor de 1471 milhões de euros. A lista foi elaborada pela revista EXAME, que conclui que os ricos estão ainda mais ricos, pela quarta vez consecutiva.

    Bárbara Ferreira