sicnot

Perfil

Mundo

Moon Jae-In vence presidenciais da Coreia do Sul

Kim Hong-Ji

Moon Jae-In, antigo advogado especializado na defesa dos direitos humanos, venceu confortavelmente as eleições presidenciais de hoje na Coreia do Sul, indica uma sondagem à boca das urnas.

Grande favorito nas sondagens, Moon, candidato do Partido Democrático, obteve 41,4% dos votos, segundo a sondagem realizada por três cadeias televisivas.

O conservador Hong Joon-Pyo, do Partido da Liberdade (da ex-presidente Park Geun-hye), ficou a uma considerável distância com 23,3% dos votos, seguido do centrista Ahn Cheol-Soo, do Partido Popular, com 21,8%.

Estas eleições antecipadas devem-se à deposição de Park Geun-hye a 10 de março devido à sua implicação no caso "Rasputine". A ex-presidente está atualmente em prisão preventiva.

O escândalo conhecido por "Rasputine" centra-se em Choi Soon-Sil, uma amiga da ex-presidente, suspeita de ter usado pessoas para obrigar os grandes grupos industriais do país a "doar" quase 70 milhões de dólares (cerca de 65 milhões de euros) a duvidosas fundações por si controladas.

Cerca de 42,4 milhões de sul-coreanos foram chamados às urnas para escolher entre 13 candidatos o futuro presidente da República para um mandato de cinco anos.

Lusa

  • Alemães protestam contra a Extrema-Direita
    0:39
  • Incêndio urbano em Coimbra deixa cinco pessoas desalojadas

    País

    Um incêndio numa habitação na cidade de Coimbra deixou este domingo cinco pessoas desalojadas, disse à agência Lusa fonte dos Bombeiros Sapadores. Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Coimbra adiantou que o fogo destruiu uma parte substancial de um edifício de três andares em frente à sede da Associação Académica de Coimbra, na rua Padre António Vieira.