sicnot

Perfil

Mundo

Sondagem em Espanha dá vitória ao Partido Popular

Sergio Perez

Os conservadores do Partido Popular voltariam a ganhar as eleições legislativas em Espanha e os socialistas do PSOE recuperariam a segunda posição, de acordo com uma sondagem publicada hoje pelo Centro de Investigações Sociológicas (CIS).

Segundo este organismo público que organiza estudos de opinião, o PP (Partido Popular) venceria as eleições com 31,5 % dos votos (menos 1,5 pontos percentuais do que na sondagem anterior), o Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE) ficaria em segundo lugar, com 19,9 % (mais 1,3 pontos) e ultrapassa a coligação de extrema-esquerda Unidos Podemos, com 19,7 % (menos 2,0 pontos).

O Cidadãos (centro) é a que mais sobe das quatro maiores forças políticas em Espanha, obtendo 14,9 % e mantendo a quarta posição, um aumento de 2,5 pontos percentuais em relação à sondagem anterior.

O trabalho de campo do estudo de opinião revelado esta terça-feira foi realizado entre 1 e 8 de abril, antes de vir a público o mais recente caso de corrupção, com a detenção do ex-presidente da Comunidade de Madrid Ignacio González, do PP.

No barómetro anterior, publicado em 07 de fevereiro último, o PP ganhava com 33,0%, seguido pelo Unidos Podemos com 21,7 %, que na altura ultrapassou pela primeira vez o PSOE, que ficou nos 18,6 % e o Cidadãos, com 12,4 %.

O PP foi o partido mais votado nas últimas eleições legislativas espanholas, realizadas em 26 de junho de 2016, com 33,0% dos votos, seguido pelo PSOE com 22,7%, Unidos Podemos com 21,1% e Cidadãos com 13,0%.

Lusa

  • Chamas passaram por cima da A23
    1:06

    País

    A A23 esteve cortada ao longo do dia por causa do fumo e das chamas. Em direto para a SIC Notícias, perto das 18h30, os repórteres da SIC presenciaram o momento em que o fogo passou por cima da autoestrada da Beira Interior.

  • "Só numa ditadura é possível tentar esconder o número de vítimas"
    0:51

    Tragédia em Pedrógão Grande

    O primeiro-ministro diz que é "lamentável" a tentativa de aproveitamento político à volta dos incêndios. António Costa esteve esta quarta-feira à tarde na Autoridade Nacional de Proteção Civil e, no final do briefing, disse que é preciso confiança nas instituições do Estado. O primeiro-ministro deixou ainda muitas críticas à oposição no caso da lista de vítimas de Pedrógão Grande.

  • E os 10 mais ricos de Portugal são...

    Economia

    A família Amorim lidera a lista dos mais ricos do país, com uma fortuna avaliada em 3840 milhões de euros. Em segundo lugar surge Alexandre Soares dos Santos com 2532 milhões de euros. A família Guimarães de Mello ainda entra para o top 3, com um valor de 1471 milhões de euros. A lista foi elaborada pela revista EXAME, que conclui que os ricos estão ainda mais ricos, pela quarta vez consecutiva.

    Bárbara Ferreira