sicnot

Perfil

Mundo

Televisão pública israelita 1 termina emissões em contexto de disputa política

Ronen Zvulun

A cadeia pública televisiva israelita "1" deve terminar as suas emissões na quarta-feira, ao fim de 49 anos de emissão, antecipando a sua extinção, que estava prevista para 15 de maio, foi esta terça-feira anunciado.

Este anúncio ocorre horas antes do parlamento israelita votar a substituição da histórica Autoridade de Radiodifusão (IBA, na sigla em Inglês) por outra entidade.

Hoje à noite, a apresentadora da grande emissão noticiosa da noite da estação televisiva, chamada "Mabat" (Olhar), anunciou, com lágrimas nos olhos, que era a última edição do programa.

Outros jornalistas presentes na estação exprimiram a sua deceção por terem sido avisados à última da hora deste fim antecipado, antes de 15 de maio, quando a IBA deve ser substituída pela Public Broadcasting Corporation (PBC).

Segundo a edição na internet do jornal Haaretz, a "1" já não deve emitir na quarta-feira de manhã e as diferentes estações de rádio pública só devem difundir música.

Não foi divulgado qualquer comunicado oficial para anunciar o fim dos programas e o fecho das cadeias da IBA.

O futuro da radiotelevisão pública em Israel tem estado no centro de um braço de ferro prolongado entre o chefe do governo, Benjamin Netanyahu, e o seu ministro das Finanças.

Enquanto aquele já não quer uma reforma, que chegou a defender, este insiste na sua realização, até por causa das importantes somas já aplicadas na IBA. Netanyahu chegou a ameaçar com a realização de eleições antecipadas, se não fosse conseguido um acordo.

O braço de ferro foi resolvido no final de março, graças a uma montagem complexa, designadamente envolvendo o braço noticioso e informativo na nova entidade.

Oficialmente, a mudança visa dinamizar o serviço público e recuperar o terreno perdido para as estações privadas. Mas numerosos comentadores israelitas atribuem a crise à vontade de Netanyahu controlar a informação.

Lusa

  • AR começa hoje a votar OE e mais de 600 alterações dos partidos

    Orçamento do Estado 2018

    Entre os temas que deverão marcar os próximos dias de debate e das votações relativas à proposta orçamental de 2018, cuja votação final global será na segunda-feira, estão as medidas relacionadas com os incêndios, as alterações ao regime simplificado de IRS, as carreiras na função pública (e em especial a dos professores) e as cativações de despesa.

  • "Estamos vivos"
    11:41
  • Notas e moedas têm os dias contados?
    6:27
  • Costa reforça apoio à transição democrática na Tunísia
    1:36

    Mundo

    As exportações portuguesas para a Tunísia têm vindo a crescer e o país ocupa já a 30.ª posição na lista de maiores compradores. António Costa está de visita a Tunes, na Tunísia, para uma cimeira entre os dois países, onde reforçou o apoio à transição democrática na Tunísia, como explica o enviado da SIC Ricardo Madeira Silva.

    Enviados SIC