sicnot

Perfil

Mundo

Detida pessoa que tentou saltar barreira de segurança da Casa Branca

Joshua Roberts

Os serviços secretos dos Estados Unidos detiveram esta terça-feira uma pessoa que saltou uma das barreiras de segurança que rodeia a residência oficial do Presidente, a Casa Branca, informou fonte oficial.

"Cerca das 04:18 da tarde (21:18 em Portugal) um individuo saltou a barreira de segurança na Avenida Pensilvânia", disse o Serviço Secreto responsável pela segurança de Donald Trump, em comunicado citado pela agência noticiosa Efe.

A pessoa - explica-se no comunicado - tentou então "escalar a vala norte da Casa Branca e foi detida pelos oficiais da divisão uniformizada" e posteriormente "acusada de entrada ilegal e transportada ao Departamento de Polícia".

O Serviço Secreto ativou os protocolos de segurança e pediu às pessoas para que não se aproximassem enquanto decorria a detenção.

No comunicado não são dados pormenores sobre a pessoa que tentou passar a zona de segurança, mas um jornalista presente no local indicou que se tratou de uma mulher.

Os agentes dos serviços secretos obrigaram todos os jornalistas, que estavam nos jardins, a entrar dentro da Casa Branca após o incidente de segurança, disse Trey Yingst, um jornalista da cadeira de televisão One America News.

Nos últimos anos várias pessoas tentaram saltar o perímetro de segurança, o que levou a um visível aumento das medidas de proteção da zona residencial.

Lusa

  • PS vai continuar a procurar entendimentos à esquerda
    1:38
  • 22 mortos devido a gripe H1N1 no Equador

    Mundo

    Uma epidemia de gripe H1N1 provocou a morte de 22 pessoas no Equador, onde estão diagnosticados perto de 500 casos, anunciou esta segunda-feira o vice-ministro da Saúde, Carlos Duran.

  • Papa pede perdão a vítimas de abusos por ter usado expressão "menos feliz"
    1:21

    Mundo

    No final da visita à América Latina, já no avião de regresso a Roma, o Papa Francisco pediu desculpa às vítimas de abusos sexuais no Chile. O líder da Igreja católica considerou que utilzou uma expressão menos "feliz" quando saiu em defesa do bispo Juan Barros, exigindo "provas" a quem o acusa de não ter agido.

  • Os três pontos de Ronaldo
    1:16
  • Decifrado pergaminho encontrado há 50 anos

    Mundo

    Investigadores israelitas reconstituíram e decifraram um dos dois manuscritos de pergaminhos do Mar Morto que nunca tinham sido interpretados desde que foram descobertos há meio século, anunciou a universidade israelita de Haifa.

  • Refeição de 1.100 euros em Veneza

    Mundo

    O centro de Veneza oferece os mais variados restaurantes. Com menu obrigatório, sem menu, com taxas, sem taxas, sentando ou em pé. Depois há aqueles restaurantes que cobram 1.100 euros por cinco pratos acompanhados por água. O caso aconteceu com quatro turistas japoneses, que depois de pagarem a conta, apresentaram queixa às autoridades. O presidente da Câmara da cidade italiana já disse que ia investigar a situação e, caso se confirmasse, prometeu que iria castigar os responsáveis.

    SIC