sicnot

Perfil

Mundo

Paul Ryan alerta contra "juízos precipitados" sobre demissão do diretor do FBI

Aaron Bernstein / Reuters

O presidente da Câmara dos Representantes, o republicano Paul Ryan, advertiu hoje que o Congresso deve reunir toda a informação relevante sobre a demissão do diretor do FBI pelo presidente, Donald Trump, antes de fazer "juízos precipitados".

Ryan disse à imprensa que o Congresso dos Estados Unidos "não pode ocupar-se de especulações e insinuações" e que há, neste caso, "claramente muito jogo político".

O presidente da câmara baixa adiantou que uma comissão parlamentar "pediu apropriadamente" as notas pessoais em que o diretor do FBI, James Comey, afirma que Trump lhe pediu para abandonar a investigação sobre as eventuais ligações à Rússia do então conselheiro de segurança nacional Michael Flynn.

Paul Ryan questionou, a propósito dessas notas, tiradas num encontro em fevereiro entre Comey e Trump, por que razão o diretor do FBI "não fez nada na altura".

A Casa Branca negou qualquer tentativa de entrave à justiça, mas vários congressistas republicanos, além de muitos democratas, exigem uma audição pública de Comey no Congresso.

Lusa

  • "O Brasil não parou e não vai parar"
    1:33
  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.

  • O papel da religião no quotidiano
    24:57
  • Marcelo na peregrinação de Nossa Senhora de Fátima no Luxemburgo

    Mundo

    O Presidente da República participou esta quinta-feira, a título privado, na peregrinação em honra de Nossa Senhora de Fátima, na cidade luxemburguesa de Wiltz. Milhares de portugueses receberam Marcelo Rebelo de Sousa, que assistiu à missa e, durante alguns minutos, participou na procissão.

  • Cão interrompe jornal em direto
    1:00