sicnot

Perfil

Mundo

Nenhum fim "pode justificar a destruição de embriões humanos"

Andrew Medichini

O papa afirmou hoje que nenhuma investigação, por mais nobre que seja, "pode justificar a destruição de embriões humanos". "Algumas linhas de investigação, de facto, usam embriões humanos causando a sua destruição. Mas nenhum fim, por muito nobre que seja como a possibilidade de ser útil para ciência, para outros seres humanos ou para a sociedade, pode justificar a destruição de embriões humanos", disse o papa Francisco perante um grupo de pessoas que espera por uma cura.

O papa falava durante uma audiência a um grupo de pessoas com Huntington, uma doença neurodegenerativa de origem genética e hereditária, que participa num colóquio dedicado à doença, e manifestou "solidariedade com a América do Sul", onde esta tem uma incidência 500 a 1000 vezes maior em relação a outras regiões do mundo.

Francisco recebeu na ala Paulo VI, doentes e associações que se ocupam da alteração genética mortal, que não tem cura e que afeta 2,7 em cada 100 mil pessoas no mundo.

Ao dirigir-se a especialistas em genética e cientistas presentes, o papa argentino elogiou quem se dedica a estudar e a procurar uma cura para a doença.

"É óbvio que se olha para o vosso trabalho com muita expetativa: a esperança de encontrar um caminho para a cura definitiva da doença depende dos vossos esforços, mas também para melhorar as condições de vida destes irmãos", disse.

Por demasiado tempo, disse Francisco, os medos e as dificuldades que têm caracterizado a vida das pessoas com doença de Huntington têm criado à sua volta mal-entendidos, barreiras, e autênticas marginalizações, e em muitos casos, os doentes e as suas famílias têm vivido o drama da vergonha, isolamento e abandono.

Huntington é uma doença degenerativa do sistema nervoso central, causada pela perda de células numa parte do cérebro (gânglios da base).

Esta perda afeta a capacidade cognitiva, o equilíbrio emocional e a motricidade.

Os sintomas surgem muito gradualmente, geralmente entre os 30 e os 50 anos. No entanto, a doença pode por vezes atingir crianças e idosos.

Em Portugal, apesar de não existirem valores absolutos, alguns estudos indicam uma prevalência da doença semelhante à de outros países ocidentais, entre cinco a 12 doentes por 100 000 habitantes.

Lusa

  • Marcelo já sabia da substituição do embaixador de Angola
    4:00

    País

    O Presidente da República sabia há bastante tempo da substituição do embaixador de Angola em Lisboa e já tinha aprovado o nome do futuro representante de Luanda. A revelação foi feita, esta terça-feira, por Marcelo Rebelo de Sousa, numa conversa exclusiva com a SIC no Palácio de Belém. O Presidente contou ainda que não vai enviar recados ao Governo nem aos partidos no discurso de 25 abril que vai fazer na Assembleia da República.

    Exclusivo SIC

  • "O ministro não escondeu nem tapou"
    1:20

    Economia

    Pedro Santana Lopes falou pela primeira vez sobre a auditoria feita à Santa Casa no período em que foi provedor. Esta terça-feira, na SIC Notícias, Santana Lopes desvalorizou as irregularidades e defendeu o ministro do Trabalho, da Solidariedade e da Segurança Social, Vieira da Silva.

    Pedro Santana Lopes

  • Constitucional chumba algumas normas da lei de barrigas de aluguer

    País

    O Tribunal Constitucional chumbou algumas normas do acórdão sobre as barrigas de aluguer. De acordo com o Expresso, a decisão já foi comunicada à Assembleia da República. A obrigatoriedade da regulamentação da lei ser feita pelo Parlamento e não pelo Governo terá sido unânime.

  • A história do bebé que continua a lutar pela vida depois de terem desligado as máquinas

    Mundo

    Alfie Evans sofre de uma doença cerebral degenerativa. A sua condição levou o caso à justiça e, depois de uma batalha judicial entre os pais e o hospital, os juízes determinaram que as máquinas do suporte artificial de vida fossem desligadas. Apesar de os aparelhos terem sido desligados na segunda-feira à noite, segundo os pais, a criança de 23 meses continua a lutar pela vida, respirando sozinha.

    SIC

  • O 10 de julho de 1941 na escrita de João Pinto Coelho
    15:09
  • Chegaram os brinquedos de cartão para a consola
    6:24
  • Marinha resgata 138 migrantes ao largo de Lampedusa

    País

    A fragata da Marinha portuguesa D. Francisco de Almeida resgatou esta terça-feira, ao largo da ilha de Lampedusa, em Itália, 138 migrantes, entre eles 15 mulheres e oito bebés, disse à Lusa fonte do Estado-Maior-General das Forças Armadas.

  • O recado de Donald Trump à Coreia do Norte 

    Mundo

    O Presidente norte-americano, Donald Trump, exortou Pyongyang a eliminar todo o seu arsenal nuclear, precisando o que queria dizer exatamente ao apelar para a "desnuclearização" do regime totalitário, antes de uma aguardada cimeira com o líder norte-coreano.

  • O vestido de noiva de Megan Markle
    1:17