sicnot

Perfil

Mundo

Juncker e Tusk reúnem-se em Bruxelas com Trump, Erdogan e Macron

Yves Herman / Reuters

Os presidentes da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, e do Conselho Europeu, Donald Tusk, reúnem-se separadamente com os Presidentes dos Estados Unidos, Donald Trump, de França, Emmanuel Macron, e da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, na quinta-feira em Bruxelas.

Os encontros bilaterais terão lugar à margem da cimeira de chefes de Estado e de Governo da NATO, que se celebra nesse mesmo dia no novo "quartel-general" da organização atlântica, também na capital belga.

Trata-se da primeira deslocação de Trump a Bruxelas desde que tomou posse como Presidente dos EUA, em janeiro passado, assim como do recém-eleito Presidente francês, que tomou posse no Eliseu no passado domingo.

A reunião com Erdogan é também aguardada com particular expetativa, dada a degradação das relações entre Ancara e Bruxelas desde o fracassado golpe de Estado em julho de 2016 na Turquia, e agravadas na sequência do referendo de abril passado, que reforçou os poderes do presidente turco.

O porta-voz do executivo comunitário indicou hoje que Juncker e Tusk começarão por se reunir com Donald Trump, participarão de seguida na cimeira da Aliança Atlântica, encontrar-se-ão depois com Erdogan e, por fim, recebem na sede da Comissão o novo presidente francês.

Portugal estará representado na cimeira da NATO de quinta-feira pelo primeiro-ministro, António Costa.
Lusa

  • Donald Trump prepara a primeira viagem ao estrangeiro
    1:38

    Mundo

    Donald Trump prepara-se para enfrentar a primeira viagem ao estrangeiro como Presidente dos Estados Unidos da América. Na próxima semana, o Presidente norte-americano viaja até Bruxelas, Itália, Arábia Saudita e Israel, onde vai visitar o Muro das Lamentações. Donald Trumo torna-se no primeiro Presidente norte-americano a visitar o local sagrado.

  • Turquia acusa EUA de apoiarem terroristas curdos

    Mundo

    A tensão volta a subir de tom entre Ancara e Washington. Precisamente 8 dias depois do Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, instar os Estados Unidos a recuarem "sem demora" na decisão de enviar armas às milícias curcas YPG no norte da Síria, o minisytro dos negócios estrangeiros turco veio hoje pedir o afastamento do representante especial dos EUA na coligação internacional na Síria e Iraque, Brett McGurk, que acusa de apoiar às milícias "terroristas" curdas.

  • "Vi o Bas Doost a jorrar sangue para o chão (...) revoltei-me!"
    3:28
  • "Esta semana parecia um filme de terror"
    2:24

    Desporto

    O treinador do Sporting falou pela primeira vez à imprensa desde as agressões de que foi alvo em Alcochete. Jorge Jesus disse que a última semana "parecia um filme de terror" e deixou um agradecimento especial aos adeptos e à "capacidade emocional" dos jogadores.

  • Já se pode pescar sardinha mas há limitações

    País

    A proibição da pesca da sardinha termina hoje, podendo, até 31 de julho, os pescadores capturar 4.855 toneladas, com limites diários, medidas de proteção dos juvenis e monitorização da pescaria, disse à Lusa o Ministério do Mar.

  • Nicolas Maduro vence presidenciais na Venezuela

    Mundo

    O chefe de Estado venezuelano, Nicolas Maduro, foi declarado vencedor das eleições presidenciais de domingo pela autoridade eleitoral, com perto de 70% dos votos, depois de contados quase todos os boletins.

  • "Desfiliei-me do PS mas continuo socialista"
    1:29