sicnot

Perfil

Mundo

Ataque suicida no centro do Iraque

(Arquivo)

Thaier Al-Sudani

Pelo menos 31 pessoas morreram esta sexta-feira e 24 ficaram feridas num ataque suicida num mercado da cidade de Musaib, na província de Babilónia, no centro do Iraque, informou uma fonte médica da administração de saúde da Babilónia.

Hoje, noutro atentado, pelo menos nove pessoas morreram quando um terrorista se fez explodir com um colete na entrada de um parque da cidade santa xiita de Kerbala, a 110 quilómetros a sul de Bagdad.

Os dois atentados suicidas ocorreram durante o mês sagrado do Ramadão e numa sexta-feira, dia mais importante da semana para os muçulmanos rezarem.

Por outro lado, a agência de notícias Amaq, ligada ao grupo terrorista Estado Islâmico (EI) informou que foram perpetradas "operações de martírio" contra "agrupamentos de xiitas" em Kerbala e na localidade de Musaib, na Babilónia.

A Amaq precisou que em Kerbala um terrorista com um cinto de explosivos se fez explodir, mas não especificou como foi efetuado o ataque em Musaib.

O EI está a perder os territórios que controlava no norte do Iraque, depois de vários meses de ofensiva contra Mossul, principal feudo do grupo no Iraque. As forças iraquianas conseguiram expulsar os 'jihadistas' da maior parte dos bairros da cidade, que foi conquistada pelo EI em junho de 2014 e se converteu na sua "capital" do Iraque.

Lusa

  • Marcelo saúda "forma rápida" como Conselho de Ministros "tratou de tudo"
    1:03

    País

    O Presidente da República lembra que é preciso convergência de forma a adotar rapidamente as medidas mais urgentes do plano de emergência. No concelho de Tábua, Marcelo Rebelo de Sousa destacou ainda os esforços do Conselho de Ministros, mas lembrou que as medidas anunciadas são apenas o início de um processo e não o fim.

  • TAP recruta mais assistentes de bordo
    2:40

    Economia

    A TAP assegura que, até ao final de outubro, os problemas com falta de tripulação vão terminar. Até ao final do ano vão ser contratados novos assistentes de bordo, mas o sindicato diz que não chega.

  • "Um ataque e uma humilhação contra o povo catalão"
    1:35