sicnot

Perfil

Mundo

Erdogan manda prender presidente da Amnistia Internacional

Umit Bektas

O Presidente turco Tayyip Erdogan mandou prender o presidente da Amnistia Internacional na Turquia. O responsável pela organização tinha sido detido na terça-feira pelas autoridades por suspeita de ligações ao movimento do clérigo Fethullah Gülen, e acabou por ficar em prisão preventiva ontem à noite.

Taner Kilic foi detido juntamente com outros 22 advogados, na região de Izmir, dos quais oito também já ficaram em prisão preventiva.

As autoridades turcas acusam o responsável da Amnistia na Turquia de pertencer a uma organização terrorista e de ter tido no telemóvel um serviço de mensagens criadas que foi criado especialmente para os apoiantes de Gullen.

A Amnistia Internacional rejeita as acusações e sublinha a repressão e as purgas levadas a cabo pelas autoridades turcas.

  • Desde 2005 morreram 72 bombeiros mas ninguém sabe quantos ficaram feridos
    2:02

    Reportagem Especial

    "Vidas de Fogo" é a Reportagem Especial desta noite, sobre os bombeiros feridos em combate a incêndios florestais. Este ano, durante o período mais crítico dos fogos, vão estar no terreno quase 10.000 operacionais. Grande parte são bombeiros voluntários. Vamos contar cinco casos de bombeiros feridos em combate e tentar saber como se recupera de um acidente, como se vive depois de queimado e como se lida com a morte de colegas durante um fogo.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.