sicnot

Perfil

Mundo

Congressista entre os cinco feridos em tiroteio perto de Washington

Steve Scalise

Yuri Gripas / Reuters

Um tiroteio num campo de basebol normalmente utilizado pelos representantes do Congresso norte-americano fez cinco feridos, entre os quais um dos líderes do Partido Republicano, segundo a polícia. Trump avançou no Twitter que o congressista ficou ferido mas vai "recuperar totalmente".

Última atualização 14:30

A polícia de Alexandria, a poucos quilómetros da capital no estado da Virginia, indicou que foi detido um homem suspeito de ser o atirador e que "já não representa perigo".

"As cinco vítimas foram transportadas para hospitais", informou o chefe da polícia de Alexandria, Michael Brown

Entre os feridos está Steve Scalise, um dos líderes do Partido Republicano na Câmara dos Representantes, que ficou ferido, contou à CNN Mo Brooks um dos seus colegas, que lhe prestou os primeiros socorros.

"Eu estava no campo e ouvi 'bam!?, virei-me e vi uma pistola (...) Ouvi outro 'bam!' e percebi que se tratava de um atirador. Então ouvi Steve Scalise gritar. Ele foi atingido!", contou à estação de televisão norte-americana acrescentando que a arma era uma semi-automática e o atirador continuou a disparar sobre diferentes pessoas.

O gabinete de Steve Scalise confirmou que o congressista está a ser operado.

Joshua Roberts / Reuters

"Profundamente triste", o Presidente Trump escreveu no Twitter que o congressista ficou ferido mas que "vai recuperar totalmente".

"Estamos profundamente entristecidos por esta tragédia", afirmou Trump, que hoje celebra 71 anos, num breve comunicado divulgado pela Casa Branca.

"O Republicano Steve Scalise, um verdadeiro amigo e um patriota, foi gravemente ferido mas vai recuperar completamente. Os nossos pensamentos e orações estão com ele", declarou.

O tiroteio ocorreu cerca das 06:30 locais (11:30 em Lisboa).

Polícia encerrou a rua perto do local do tiroteio em Alexandria, Virginia

Polícia encerrou a rua perto do local do tiroteio em Alexandria, Virginia

Joshua Roberts / Reuters

  • O que vai mudar nos recibos verdes
    2:55
  • Democratas não venciam no Alabama há 27 anos
    1:50