sicnot

Perfil

Mundo

Mulher processa casino nos EUA por oferecer jantar em vez de prémio de 43 milhões

The Root/Twitter

Katrina Bookman venceu um jackpot de 43 milhões de dólares (cerca de 38 milhões de euros) numa das máquinas do Resorts World Casino, em Nova Iorque, mas quando foi reclamar o prémio, um empregado disse que a máquina estava avariada. Em vez do prémio, o empregado ofereceu-lhe um jantar e cerca de dois euros.

Katrina Bookman processou esta quarta-feira o Resorts Worls Casino, em Nova Iorque, por lhe ter oferecido um jantar como prémio quando supostamente teria direito ao jackpot de 38 milhões de euros numa "slot machine".

A mulher tirou uma fotografia com o resultado do prémio na máquina do casino e tem usado a mesma para provar a sua veracidade.

O episódio aconteceu a 23 de agosto do ano passado nos Estados Unidos da América, mas só agora é que Katrina Bookman processou o casino.

"A máquina sofreu uma avaria, como é óbvio", alegou o porta-voz do casino Resorts World.

A mulher recusou a oferta do empregado do casino, bem como a justificação para o incidente.

O advogado de Katrina Bookman garante que a cliente tem direito à totalidade do valor revelado pela máquina e disse ainda que o casino não respondeu aos e-mails enviados a pedir uma justificação para o sucedido.

A Comissão de Jogos de Nova Iorque diz que a máquina exibia uma declaração que dizia que em caso de avaria, o casino não se responsabilizava pelo pagamento do prémio.

Katrina Brookman processou esta semana e acusou o Resorts World Casino de negligência, bem como as empresas que fiscalizavam e que produziram a máquina em que jogou.

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.