sicnot

Perfil

Mundo

Os países com mais (e menos) preguiçosos

Jose Manuel Ribeiro / Reuters

Investigadores norte-americanos analisaram dados recolhidos um pouco por todo o mundo através dos smartphones para determinar qual o país quem tem mais preguiçosos. Em que lugar estarão os portugueses?

Dados recolhidos através de smartphones de 717.527 indivíduos de 111 países durante 68 milhões de dias revelam qual o nível de atividade física.

Em média, cada pessoa dá 4.961 passos por dia.

Hong Kong está no topo dos mais ativos, com 6.880 passos por dia. Os indonésios são os mais preguiçosos, dão apenas 3.513 passos.

E os portugueses? São dos europeus mais preguiçosos, com 4.744 passos por dia, abaixo da média mundial, bastante abaixo dos vizinhos espanhóis - 5.936 - e muito abaixo dos europeus mais ativos - os suecos, que estão em terceiro lugar do top mundial.

Stanford University

Luta contra a obesidade

Os dados recolhidos e analisados pela universidade norte-americana de Stanford são úteis para determinar a relação entre a atividade física e a obesidade - e a melhor forma de combater o excesso de peso.

A maioria dos telemóveis inteligentes tem um acelerómetro instalado que grava todos os passos dados pelo utilizador. Os investigadores utilizaram a aplicação Argus que gravou os passos de 717.527 pessoas.

"Este estudo é mil vezes maior que estudos anteriores sobre a atividade física das pessoas", garante o professor e investigador Scott Delp. "Há pesquisas fantásticas já realizadas, mas a nossa inclui mais países, muito mais pessoas e acompanha-as de forma mais regular", explicou à BBC.

Os resultados foram publicados na revista Nature.

  • Adolescentes portugueses são dos mais obesos da Europa
    1:28

    País

    Portugal está entre os 5 países europeus com mais adolescentes obesos. Um novo relatório da organização mundial de saúde apresentado hoje compara dados de 2002 e 2014 e conclui que a prevalência da obesidade nos adolescentes já é de 5% em Portugal. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) o abandono da dieta mediterrânica, associado à crise económica nos países do Sul da Europa, contribuiu para o elevado nível de obesidade, com um insuficiente consumo de vegetais e um consumo de fruta a cair desde os últimos 12 anos.

  • "Só numa ditadura é possível tentar esconder o número de vítimas"
    0:51

    Tragédia em Pedrógão Grande

    O primeiro-ministro diz que é "lamentável" a tentativa de aproveitamento político à volta dos incêndios. António Costa esteve esta quarta-feira à tarde na Autoridade Nacional de Proteção Civil e, no final do briefing, disse que é preciso confiança nas instituições do Estado. O primeiro-ministro deixou ainda muitas críticas à oposição no caso da lista de vítimas de Pedrógão Grande.

  • Sociedade de Pneumologia recomenda cuidados com calor e incêndios

    País

    A Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP) alertou esta quarta-feira para os riscos respiratórios decorrentes dos incêndios e temperaturas elevadas, sobretudo para quem sofre de doenças crónicas, propondo medidas preventivas e recordando o aumento de mortalidade associado ao calor.

  • E os 10 mais ricos de Portugal são...

    Economia

    A família Amorim lidera a lista dos mais ricos do país, com uma fortuna avaliada em 3840 milhões de euros. Em segundo lugar surge Alexandre Soares dos Santos com 2532 milhões de euros. A família Guimarães de Mello ainda entra para o top 3, com um valor de 1471 milhões de euros. A lista foi elaborada pela revista EXAME, que conclui que os ricos estão ainda mais ricos, pela quarta vez consecutiva.

    Bárbara Ferreira

  • "Estou grávida! Estou a morrer!"
    1:14
  • Mulher vive sozinha numa ilha há 40 anos

    Mundo

    Zoe Lucas é a única pessoa a viver numa ilha canadiana, no norte do Atlântico. Nas últimas quatro décadas, a mulher de 67 tem partilhado a ilha Sable com cerca de 400 cavalos selvagens e 350 espécies de pássaros.