sicnot

Perfil

Mundo

Central nuclear francesa "sob vigilância reforçada" devido a falhas de segurança

Regis Duvignau / Reuters

A central nuclear francesa de Belleville-sur-Loire (centro) foi colocada "sob vigilância reforçada", um procedimento excecional, devido à "degradação do nível de segurança" desde 2016, anunciou hoje a Autoridade de Segurança Nuclear (ASN) do país.

Em comunicado, a ASN explica ter constatado "uma subida do número de eventos significativos" e "de deficiências" da energética francesa EDF na vigilância e manutenção das instalações.

A autoridade do nuclear diz ter apontado em 2016 "diversas falhas do operador na identificação e na análise das consequências das anomalias que afetam alguns equipamentos importantes para a segurança".

E acrescenta ter detetado "uma degradação na qualidade das respostas fornecidas e uma reatividade insuficiente do operador".

Uma inspeção aprofundada foi realizada em abril deste ano, tendo ficado evidentes "as carências" na organização da companhia elétrica para a vigilância e a manutenção das instalações.

A autoridade explica que a "vigilância reforçada" se traduzirá em "controlos suplementares" na central e numa supervisão da aplicação dos "ajustes necessários em matéria de organização".

Uma inspeção de controlo será realizada em 2018 para verificar se estão em marcha as medidas necessárias para corrigir as falhas encontradas.

A central nucleare de Belleville-sur-Loire tem dois reatores de 1.300 megawatts cada um e a companhia elétrica responsável iniciou um programa de investimentos de mais de 2.000 milhões de euros naquela unidade, em atividade há 30 anos, para que possa prolongar-se a sua vida útil.

Lusa

  • UGT reivindica que salário mínimo ultrapasse os 600€
    0:26

    Economia

    O secretário-geral da UGT reivindica que até 2019 o salário mínimo nacional ultrapasse os 600 euros. Este sábado, num congresso distrital na Guarda, Carlos Silva considerou que o Governo tem condições para ir mais além e voltou a defender que para o próximo ano o patamar mínimo para a negociação deve ser os 585 euros.

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.