sicnot

Perfil

Mundo

Número de mortos sobe para cinco em tiroteio no norte da Califórnia

Sara Stinson / Twitter

O número de mortos no tiroteio que ocorreu esta terça-feira no norte da Califórnia, nos Estados Unidos, subiu para cinco, incluindo o atirador, anunciaram as autoridades, referindo que existem crianças entre os feridos.

O xerife assistente do condado de Tehama, Phil Johnston, confirmou que o número de mortos subiu para cinco, explicando que existem duas crianças feridas: uma foi atingida na escola e outra quando seguia numa viatura com a mãe, que também ficou ferida.

Phil Johnston explicou que as autoridades estão a investigar pelo menos sete locais de crime distintos no interior e ao redor da escola da Reserva do Racho de Tehama, referindo que o atirador escolheu "aleatoriamente as vítimas".

Segundo a estação televisiva KCRA, citada pela agência France Press, o tiroteio começou numa casa em Tehama, continuando depois na zona da escola primária.

O responsável policial recusou identificar o atirador, mas revelou que tiroteio terá começado num caso de violência doméstica.

O atirador, que foi morto no local pelas autoridades, tinha uma espingarda semiautomática e dois revólveres.
Pelo menos sete pessoas, entre crianças e adultos, foram transportadas ao hospital com ferimentos.

Lusa

  • Curiosidades sobre o Mundial da Rússia
    3:08
  • Inocência e talento marcaram o 9.º dia de Mundial
    0:56
  • Ronaldo no País dos Sovietes: Algumas curiosidades
    1:54
  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • A queda aparatosa do selecionador do Brasil
    0:05
  • Dia de limpezas em Chaves após violenta tempestade
    2:44
  • Athanasia, uma mulher sem medo das alturas
    0:35

    Mundo

    É grega, chama-se Athanasia Athineau, tem 29 anos e pertence à unidade de forças especiais da Grécia. O salto que podemos ver é de 10 mil pés, mas Athanasia faz também saltos de 30 mil. Neste caso, caíu a uma velocidade de 250 quilómetros por hora antes de abrir o pára-quedas.

  • Talheres de Hitler vendidos por 14 mil euros

    Mundo

    Um conjunto de duas facas, três colheres e três garfos de prata, que pertencia a Adolf Hitler, foi vendido em Dorset, Inglaterra, pelo valor de 12.500 libras (aproximadamente 14.200 euros). O serviço de talheres foi criado no âmbito das celebrações do 50.º aniversário do ditador nazi.

    SIC