sicnot

Perfil

Mundo

Loapi, o vírus que pode acabar com o seu telemóvel

Ibraheem Abu Mustafa

O ano ainda agora começou e são só más notícias da subida do preço disto e daquilo, mas como um azar nunca vem só, damos-lhe mais uma notícia que, se for lida a tempo, pode até ser positiva. Falamos de um novo vírus, o Loapi, que pode acabar com o seu telemóvel sem que se aperceba a tempo.

Loapi é um novo vírus que está a circular na internet e que ataca vários telemóveis Android, conseguindo controlar diversas funções do aparelho. É um vírus com um sistema complexo e que entra nos telemóveis através de anúncios mascarados de antivírus ou aplicações com conteúdo para adultos.

O vírus foi descoberto pela Kaspersky Lab., uma empresa global que produz software de segurança para a Internet. Segundo a empresa, o vírus concentra-se essencialmente na América Latina, sendo que os países mais afetados são o México, Brasil, Chile, Panamá e Peru. O Loapi também conseguiu espalhar-se pelos Estados Unidos e alguns países da Europa.

Depois de instalado, o vírus pede ao administrador para assumir o controlo do aparelho de forma a conseguir instalar novos módulos que afetam as várias funções do telemóvel.

O que o vírus consegue fazer:

  • Permite a aceitação de publicidade invasiva;
  • Controla mensagens de texto;
  • Assina serviços de pagamento via SMS sem deixar rasto;
  • Utiliza recursos do telemóvel (bateria ou internet) para fazer transações com a criptomoeda Monero

A sobrecarga de energia provocada pelo vírus pode mesmo estragar a bateria do telemóvel.

Recomendações a ter em conta segundo a Kaspersky Lab.:

  • Deve desativar a opção que permite a instalação automática de aplicações;
  • Certifique-se de que tem a versão mais recente do sistema operacional do seu telemóvel;
  • Caso o aparelho já esteja infetado, deve instalar um antivírus de uma marca conhecida que ofereça garantias.
  • A casa dos horrores
    7:57
  • PGR e presidente do Supremo deixam recado à ministra da Justiça
    2:45

    País

    Durante a abertura do ano judicial, a Procuradora-Geral da República e o presidente do Supremo Tribunal aproveitaram para deixar um recado à ministra da Justiça: é urgente aprovar o novo estatuto de juízes e magistrados. O presidente do Supremo diz que é injusta a má imagem da Justiça e pediu contenção aos magistrados.

  • Rui Rio tem sentido "alguma turbulência" no PSD
    2:01

    País

    Rui Rio e Pedro Passos Coelho tiveram esta quinta-feira a primeira reunião, desde que foi eleito o novo líder do PSD. À saída, Passos Coelho desejou que esta transição decorra com naturalidade. Já Rui Rio disse que tem sentido alguma turbulência no partido.

  • Sindicatos rejeitam fim das baixas médicas até três dias
    2:02

    País

    A CGTP quer levar o tema das baixas médicas à Concertação Social, já a UGT diz que há outras matérias prioritárias. Ainda assim as duas centrais sindicais lembram que a não justificação de faltas pode dar origem a um despedimento por justa causa. Esta quinta-feira o bastonário da Ordem dos Médicos propôs ao Governo que acabe com as baixas de curta duração, até três dias.

  • Papa interrompe percurso no Chile para ajudar polícia
    0:21