sicnot

Perfil

Mundo

Walt Disney ganha 4.423 milhões de dólares entre outubro e dezembro

Richard Drew

O grupo Walt Disney anunciou esta terça-feira lucros de 4.423 milhões de dólares (3.572 milhões de euros) no primeiro trimestre do exercício fiscal de 2018, 78% mais do que no mesmo período de 2017.

Entre outubro e dezembro, o grupo ganhou 2,91 dólares por ação, um cálculo que inclui também um lucro extraordinário de 1.600 milhões de dólares devido à reforma fiscal recentemente aprovada nos Estados Unidos.

Sem esse ganho, o lucro por ação teria ficado em 1,89 dólares, face aos 1,55 dólares do ano anterior, um valor que superou as expectativas dos analistas.

A faturação ficou, no entanto, abaixo das previsões, com uma receita total de 15.351 milhões de dólares, 4% mais do que em 2016.

A divisão de parques de diversões e centros de férias registou uma subida 21%, com um resultado operacional de 1.347 milhões de dólares. As ações do grupo terminaram esta terça-feira com uma subida de 1,40% em Wall Street e após serem conhecidas as contas, avançavam 2,01% nas operações eletrónicas posteriores ao encerramento da bolsa.

Walt Disney ainda tem pendente uma operação multimilionária para ficar com boa parte do consórcio 21st Century Fox, uma aquisição que anunciou em dezembro de 2017.

Lusa

  • Lei que permite a entrada de animais em espaços de restauração gera dúvidas
    2:23

    País

    A lei que permite a entrada de animais de companhia em estabelecimentos de restauração, que entrou hoje em vigor, está a gerar dúvidas para os proprietários. Até ao momento são poucos os estabelecimentos que aderiram e a previsão é para que assim continue. A DECO questionou 1800 pessoas sobre a presença dos animais nos restaurantes e apenas 25% votou a favor.

  • "Isto é a demagogia à solta"
    0:45

    Opinião

    Quem o diz é Luís Marques Mendes a propósito da aprovação esta semana da lei do CDS-PP que elimina o adicional do imposto sobre os combustíveis. O comentador da SIC critica a oposição por ter levado a votação uma lei inconstitucional e acusa ainda os parceiros de Governo de deslealdade. 

    Luís Marques Mendes