sicnot

Perfil

Mundo

Trump diz que estão a ser reveladas "mentiras e corrupção" do FBI

Donald Trump, Presidente dos Estados Unidos

Joshua Roberts

O Presidente dos EUA, Donald Trump, considerou este sábado que estão a ser reveladas "as tremendas fugas, mentiras e corrupção ao mais alto nível" do FBI e dos Departamentos de Estado e da Justiça.

O 'tweet' que divulgou hoje não forneceu mais detalhes, no entanto estes comentários surgem um dia após a demissão pelo procurador-geral Jeff Sessions do diretor-adjunto do FBI, Andrew McCabe, na sequência de uma recomendação dos assuntos internos da polícia federal norte-americana.

Há muito que McCabe era alvo da fúria de Trump, assinala a agência noticiosa Associated Press (AP). A sua demissão precede a divulgação de um relatório da um inspetor-geral onde se espera concluir que McCabe não foi solícito em assuntos relacionados com a investigação do FBI sobre os 'emails' de Hillary Clinton.

No 'tweet' que hoje divulgou, Trump também repetiu que não existiu qualquer conluio entre a sua campanha presidencial de 2016 e a Rússia. O assunto está sob investigação e entregue ao procurador especial Robert Mueller.

Andrew McCabe foi demitido a pouco mais de um dia de se reformar, uma decisão que lhe retira parte da sua pensão.

Ao justificar a decisão, Jeff Sessions também esclareceu que uma investigação interna do FBI e do Departamento de Justiça concluiu que McCabe deu informações, de forma não autorizada, a meios de comunicação social e não foi franco, mesmo sob juramento, em múltiplas ocasiões.

Concretamente, o número dois teria permitido a divulgação de informação relativa a uma investigação sobre doações recebidas pela Fundação Clinton, de que fazia parte a democrata Hillary Clinton, que disputou as presidenciais de novembro de 2016 com o republicano Donald Trump, que saiu vencedor.

Ainda de acordo com a AP, Andrew McCabe detinha em sua posse notas relacionadas com Trump e similares às que foram recolhidas pelo ex-chefe do FBI James Comey, despedido em maio de 2017, e onde se detalhavam diversas comunicações entre ambos.

A AP precisou não ser claro se algumas das notas de McCabe foram entregues a Robert Mueller, ou requeridas pelo procurador especial, que para além das alegadas conexões com a Rússia durante as presidenciais também investiga uma possível obstrução à justiça.

Lusa

  • "A nossa lei tem demasiados buracos"
    0:44

    País

    Rui Cardoso acusa a classe política de não querer resolver os problemas da corrupção em Portugal. Entrevistado na Edição da Noite da SIC Notícias o magistrado do Ministério Público considera que ainda há um longo caminho a percorrer no combate à corrupção.

  • Salah Abdeslam deixa cadeira vazia na leitura da sua sentença
    2:05

    Mundo

    O único suspeito vivo dos ataques de Paris em 2015 foi esta segunda-feira condenado a 20 anos de prisão por um tribunal belga, num processo paralelo: um tiroteio em março de 2016, em Bruxelas. Tanto Salah Abdeslam como o cúmplice não quiseram estar na leitura da sentença. O julgamento de Salah Abdeslam pelos ataques de Paris só deverá acontecer no próximo ano, em França.

  • Beyoncé e a irmã caem e o vídeo torna-se viral

    Cultura

    Beyoncé voltou este fim de semana a subir ao palco do Coachella, depois de ter atuado na primeira semana do festival que decorreu no deserto da Califórnia, nos EUA. A cantora norte-americana voltou a brilhar, mas foi o momento em que caiu no palco com a irmã, Solange, que acabou por se tornar viral.

    SIC

  • Cientistas querem sequenciar genomas de 15 milhões de espécies

    Mundo

    Um consórcio internacional de cientistas, que por enquanto não inclui portugueses, propõe-se sequenciar, catalogar e analisar os genomas (conjuntos de informação genética) de 15 milhões de espécies, uma tarefa que levará dez anos a fazer, foi divulgado esta segunda-feira.