sicnot

Perfil

Mundo

Facebook traz finalmente o botão "Não Gosto" mas não da maneira que se pensava

Ueslei Marcelino

Depois de anos a ouvir-se falar sobre o botão "Não Gosto" no Facebook, a rede social decidiu avançar com a opção que vai permitir os utilizadores a expressarem o seu desagrado. Contudo, o "Não Gosto" só vai estar disponível em certas opções, como nos comentários.

Por enquanto, o botão só está disponível para os utilizadores da Nova Zelândia e da Austrália.

Segundo The Independent, o "Não Gosto" funciona como um voto negativo, indicado por uma seta, em vez de algo desaprovador como o polegar para baixo.

A plataforma britânica adianta que o Facebook estará apenas em fase de experimentação, mas com o tempo deverá chegar a todos os utilizadores da rede social.

O Facebook diz que o botão vai ser usado para votar negativamente em comentários abusivos ou desrespeitosos, o que depois vai permitir que não aparecem no topo da discussão.

A rede social anunciou o "Não Gosto" em 2015, mas desde então tem enfrentado dificuldades na maneira em que seria introduzido. Este pode ser o primeiro passo para que todos os utilizadores tenham a opção na aplicação.

Também em 2015, foi anunciado que o famoso botão "Gosto" ia deixar de estar sozinho para exprimir a reação a determinada publicação ou fotografia. Foram adicionados outros seis botões, com diferentes tipos de reações.

  • Desportivo das Aves fora da Liga Europa

    Desporto

    O Desportivo das Aves não vai à Liga Europa e o Sporting terá entrada direta na fase de grupos. Apesar da conquista da Taça de Portugal, a equipa avense não se licenciou em tempo útil para poder participar na prova da UEFA, apurou a SIC.

  • Eis os novos heróis de Vila de Aves
    3:03
  • E agora, Sporting? Semana de decisões e incertezas
    2:53
  • Já se pode pescar sardinha mas há limitações

    País

    A proibição da pesca da sardinha termina hoje, podendo, até 31 de julho, os pescadores capturar 4.855 toneladas, com limites diários, medidas de proteção dos juvenis e monitorização da pescaria, disse à Lusa o Ministério do Mar.

  • "Desfiliei-me do PS mas continuo socialista"
    1:29