Mundo

Resgate na Tailândia vai dar origem a filme

THAI NAVY SEAL HANDOUT

Durante mais de duas semanas, 12 jovens e o treinador de futebol ficaram presos na gruta Tham Luang, na Tailândia. A história que emocionou o mundo acabou por ter um final feliz e agora há quem pense em fazer um filme baseado no resgate. Mas não é tudo, também há planos para a gruta que deverá ser transformada em museu.

Ao que tudo indica, o resgate que terminou com sucesso esta terça-feira vai dar origem a um filme. Ainda não se sabe pormenores mas uma coisa é certa: a história vai mostrar os três dias de operações de resgate.

Até já surgiu um nome daquele que poderia ser o possível realizador: Jon M Chu. O californiano tem no currículo filmes como Step Up, G.I. Joe 2 e Mestres da Ilusão 2.

Os tailandeses não vêem com "bons olhos" a ideia de serem atores norte-americanos a integrar o elenco e receiam que isso minimize o papel da comunidade tailandesa na história. Com toda a controvérsia à volta do assunto, Jon M Chu sentiu necessidade de se explicar.

"De maneira nenhuma. Não enquanto nós mandarmos. Isso não vai acontecer ou vamos fazer-lhes a vida num inferno. Esta é uma bela história sobre seres humanos que salvam outros seres humanos. Qualquer pessoa que pense adaptar esta história deve abordá-la da maneira correta e com respeito"

Na quarta-feira, a marinha tailandesa divulgou imagens que permitem perceber melhor como foi feito o resgate das 12 crianças e do treinador, que ficaram encurralados na gruta.

Sobre as grutas sabe-se que deverão ser transformadas em museu. Um dia depois de ter terminado a missão de salvamento que emocionou o mundo, o primeiro-ministro tailandês anunciou que o espaço ia ser transformado em atração turística e alertou para os principais pontos para que isso seja possível.

Prayuth Chan-ocha dizia que era preciso reforçar a segurança à entrada, alargar algumas passagens e instalar iluminação.

  • Vamos voar como o Homem de Ferro, com um fato a jato?
    3:04

    Pequenas grandes histórias

    Já se imaginou a voar como o Homem de Ferro, sem asas? Já é possível com a tecnologia desenvolvida pelo britânico Richard Browning que inventou um fato com cinco micromotores a jato que já bateu o recorde do Guinness. Esta quarta-feira apresentou o mais recente modelo, em frente à loja de Londres onde, se quiser, pode fazer a sua encomenda.