sicnot

Perfil

Opinião

Ana Gomes e Jaime Gama "deviam ser ouvidos" sobre escolha de Pereira Gomes

Ana Gomes e Jaime Gama "deviam ser ouvidos" sobre escolha de Pereira Gomes

Luís Marques Mendes considera que a Ana Gomes e Jaime Gama deviam ser ouvidos no Parlamento sobre a escolha de Júlio Pereira Gomes para chefiar as secretas. O comentador da SIC diz que a então embaixadora de Portugal na Indonésia e o ex-ministro dos Negócios Estrangeiros podem ajudar a esclarecer as dúvidas sobre a atuação de Pereira Gomes.

O antigo diplomata, que chefiava a missão portuguesa em Timor em 1999, é acusado de ter abandonado o país devido à onda de violência entre as forças indonésias e as milícias timorenses depois do referendo para a independência de Timor.

  • "Não tenho nenhuma razão para alterar a decisão que tomei"
    2:42

    País

    António Costa não vê motivo para desistir da escolha de José Júlio Pereira Gomes para chefiar o Sistema de Informações da República. O Presidente da República prefere ser mais prudente e diz que vai esperar pela audição no Parlamento. O PSD fez saber que está apreensivo e o Bloco de Esquerda pede mesmo ao primeiro-ministro para voltar atrás com a escolha.

  • Novo chefe das "secretas" criticado pelo comportamento em Timor-Leste
    2:34

    País

    O escolha do primeiro-ministro para chefiar as "secretas" está a provocar polémica. Várias vozes consideram que José Júlio Pereira Gomes não serve para as funções devido ao comportamento em Timor-Leste, na altura da violência indonésia. O diplomata que representava Portugal é acusado de ter fugido e abandonando dezenas de pessoas "à sua sorte".

  • Costa mantém confiança no novo chefe das Secretas
    0:43

    País

    O primeiro-ministro mantém a confiança em José Júlio Pereira Gomes, escolhido para o cargo de secretário-geral do Sistema de Informações da República Portuguesa. A declaração de António Costa surge após José Júlio Pereira Gomes ter sido acusado de forçar a saída de uma missão portuguesa e de abandono de timorenses.

  • Mais de 1600 ações de fiscalizações a IPSS em dois anos
    1:05

    Expresso da Meia Noite

    Nos últimos dois anos, o Estado efetuou mais de 1600 ações de fiscalização a Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS) das quais resultaram mais de 70 destituições e 80 participações ao Ministério Público (MP). Os números foram avançados pela secretária de Estado da Segurança Social, Cláudia Joaquim, no programa Expresso da Meia-noite, na SIC Notícias.

  • Bombeiro ferido nos fogos de Pedrógão Grande regressou a casa
    2:33

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Seis meses depois dos incêndios de Pedrógão Grande, regressou a casa o último dos bombeiros de Castanheira de Pera que estava internado desde junho. Rui Rosinha esteve em coma mais de dois meses e tem ainda pela frente uma longa recuperação. O bombeiro não quer que o país esqueça o que aconteceu e espera que as duas tragédias deste ano (fogos de junho e outubro) sirvam de lição para o futuro.

  • Pedrógão Grande, seis meses depois - documentário Expresso
    0:29
  • Frio no fim de semana, regiões do interior podem chegar aos -5 °C
    1:23
  • Ilhas Selvagens são um tesouro no Atlântico que é preciso preservar
    2:33