sicnot

Perfil

Opinião

Marcelo decidiu mudar tudo para a mensagem de Ano Novo

Marcelo Rebelo de Sousa na tradicional mensagem de Ano Novo, em 2017, no Palácio de Belém, Lisboa.

ANT\303\223NIO COTRIM

Vinte horas e trinta segundos. Marcelo fala ao país e pela primeira vez a mensagem de Ano Novo de um Presidente da República é em direto (e sem teleponto).

De casa, em direto, provavelmente sem teleponto, durante cerca de sete minutos. O tempo não é certo porque a meio da tarde o Presidente ainda estava a fazer as últimas alterações à sua mensagem de Ano Novo, habitualmente uma das mais relevantes do ano.

Marcelo não gosta de usar teleponto e está com pouca vontade de o fazer, naquela que será a primeira mensagem presidencial de Ano Novo feita em direto. Porquê? Porque o PR decidiu fazer tudo diferente este ano.

Com uma muito recente alta hospitalar e proibido de sair de casa, decidiu mudar tudo. Em primeiro lugar a mensagem é feita na sua residência, em Cascais. Em segundo lugar, é feita em direto para todas as televisões em simultâneo, apesar da câmara que capta o sinal na sua casa ser da RTP. Marcelo podia ter gravado mas decidiu fazer tudo em direto e só quer o teleponto se algo falhar.

O texto, que estava a ser rescrito esta tarde, deve ter cerca de sete minutos. Uma mensagem fundamental para percebermos os próximos meses políticos, com os sinais de esperança e os avisos que o Presidente costuma deixar nestas emissões.

  • "A nossa lei tem demasiados buracos"
    0:44

    País

    Rui Cardoso acusa a classe política de não querer resolver os problemas da corrupção em Portugal. Entrevistado na Edição da Noite da SIC Notícias o magistrado do Ministério Público considera que ainda há um longo caminho a percorrer no combate à corrupção.

  • Salah Abdeslam deixa cadeira vazia na leitura da sua sentença
    2:05

    Mundo

    O único suspeito vivo dos ataques de Paris em 2015 foi esta segunda-feira condenado a 20 anos de prisão por um tribunal belga, num processo paralelo: um tiroteio em março de 2016, em Bruxelas. Tanto Salah Abdeslam como o cúmplice não quiseram estar na leitura da sentença. O julgamento de Salah Abdeslam pelos ataques de Paris só deverá acontecer no próximo ano, em França.

  • Beyoncé e a irmã caem e o vídeo torna-se viral

    Cultura

    Beyoncé voltou este fim de semana a subir ao palco do Coachella, depois de ter atuado na primeira semana do festival que decorreu no deserto da Califórnia, nos EUA. A cantora norte-americana voltou a brilhar, mas foi o momento em que caiu no palco com a irmã, Solange, que acabou por se tornar viral.

    SIC

  • Cientistas querem sequenciar genomas de 15 milhões de espécies

    Mundo

    Um consórcio internacional de cientistas, que por enquanto não inclui portugueses, propõe-se sequenciar, catalogar e analisar os genomas (conjuntos de informação genética) de 15 milhões de espécies, uma tarefa que levará dez anos a fazer, foi divulgado esta segunda-feira.