sicnot

Perfil

Anselmo Crespo

Visto de cima

Anselmo Crespo

Anselmo Crespo

Editor de Política SIC

Visto de cima não há arruadas, mercados, nem bandeiras agitadas ao vento por jotas que se movem em manada. Visto de cima não há velhinhas a dançar com candidatos nem espetáculos encenados a que chamam comícios. Visto de cima não há Sócrates, Syriza nem outros soundbytes.

Visto de cima não há plafonamentos horizontais e muito menos verticais, não há condição de recurso, porque, não há recursos.

Visto de cima espera-se mais desta campanha eleitoral.

Quatro anos, uma troika e muita austeridade depois, eis-nos aqui plantados à espera que os partidos expliquem ao país porque devemos votar neles e não noutros. As próximas duas semanas são deles, dos partidos, mas são também de cada um de nós.

Se há momento para debater, este é o momento, mas seria um erro assumir que este debate deve circunscrever-se aos políticos. O país merece um debate alargado, que envolva todos sem deixar ninguém de fora.

A SIC decidiu, por isso, convidar personalidades fora da política a darem o seu contributo para este debate. Um por dia, todos os dias desta campanha eleitoral, em sicnoticias.sapo.pt e parlamentoglobal.sapo.pt pode encontrar o contributo de vocalistas de metal, actores, escritores, jornalistas, humoristas, chefs entre muitos outros. Todos eles vão observar esta campanha e o momento que Portugal vive, de cima. E porquê de cima? Porque é de cima que conseguimos ver em perspetiva, porque é de cima que se vê mais longe e porque é de cima que se consegue ver tudo de forma mais clarividente.

Mas isto é apenas uma pequena parte do que preparámos para si nestas eleições.

Nas próximas duas semanas a SIC vai levar até si toda a informação relevante desta campanha eleitoral.

Na estrada está a equipa de repórteres mais experiente da televisão portuguesa, com o rigor e a isenção que faz parte do nosso ADN mas também com uma abordagem diferente, de quem procura sempre ir além do óbvio e nunca se resigna a um olhar acrítico.

Em estúdio atualizamos de hora a hora, na SIC e na SIC Notícias toda a informação, com reportagens, diretos e a análise dos comentadores.

À uma da manhã, também na SIC Notícias, pode ainda ver o Jornal de Campanha, com a informação mais relevante do dia, debate entre as várias forças partidárias, o que corre nas redes sociais e ligações em direto com os repórteres SIC que estão na estrada.

Tudo isto para que possa ver mais perto e, se quiser, ver também de cima.

Porque visto de cima, crescem os indecisos, perdem os partidos e com isso perde também a democracia.

Anselmo Crespo

Editor de Política da SIC

  • Principais factos da acusação no caso BPN dados como provados

    País

    O coletivo de juízes responsável pelo julgamento do processo principal do caso BPN interrompeu perto das 13:00 a leitura do acórdão iniciada pelas 10:30. Os principais factos da acusação são dados como provados, mas a leitura deverá demorar algumas horas.

  • Greve na Função Pública vai afetar escolas, saúde e cultura

    País

    A greve nacional convocada para sexta-feira pela Federação Nacional dos Sindicatos da Função Pública (FNSTFPS) deverá afetar as escolas, a área da saúde e ainda da cultura, entre outros serviços, afirmou esta quarta-feira a dirigente sindical, Ana Avoila.

  • Papa pede a Trump para ser pacificador
    1:12
  • Supremo confirma condenação de Messi por fraude fiscal

    Desporto

    O Supremo Tribunal de Justiça espanhol confirma a condenação de Lionel Messi por fraude fiscal. A notícia foi avançada pelo El País. O jogador do Barcelona foi condenado a 21 meses de prisão por três crimes fiscais que lesaram o Estado em 4,1 milhões de euros.

  • Autódromo do Estoril está ilegal há 45 anos

    Desporto

    De acordo com o Público este equipamento desportivo, inaugurado na década de 70, não tem licença de construção nem de utilização. Uma notícia que apanhou de surpresa o executivo camarário de Cascais, liderado por Carlos Carreiras.

  • Seca na Bacia do Sado exige restrições ao uso da água no Alentejo

    País

    A Agência Portuguesa do Ambiente aprovou hoje um conjunto de medidas para gestão dos recursos hídricos, definindo medidas específicas para a bacia hidrográfica do Sado, a única que se encontra em situação de seca. Além da diminuição de regas em hortas e jardins, a APA recomenda o encerramento das fontes decorativas, a proibição de encher piscinas e de lavagem de automóveis.