sicnot

Perfil

José Gomes Ferreira

"Ganha a TAP (...) e o contribuinte"

"Ganha a TAP (...) e o contribuinte"

José Gomes Ferreira

José Gomes Ferreira

Diretor-Adjunto de Informação SIC

José Gomes Ferreira lembra que o consórcio liderado por David Neeleman, que venceu a privatização da TAP, fica agora com uma empresa cheia de problemas. Quem ganha é mesmo a TAP, que será recapitalizada "e sobretudo o contribuinte".

  • TAP vendida a David Neeleman e Humberto Pedrosa

    Economia

    David Neeleman e Humberto Pedrosa vão ser donos de 61% da TAP. O Agrupamento Gateway, consórcio do norte-americano e da Barraqueiro, venceu a corrida à privatização da companhia aérea portuguesa, anunciou hoje o Governo, após a reunião do Conselho de Ministros.

  • Privatização da TAP: o perfil de Neeleman
    2:38

    Economia

    O dono da Azul, o norte-americano David Neeleman, juntou-se ao presidente da portuguesa Barraqueiro, e era o único concorrente com capital nacional à privatização da TAP. O projeto dos empresários aposta na renovação da frota da TAP no médio prazo, e na injecção de dinheiro fresco na companhia.

  • Confirmados dois novos casos de legionella

    Legionella

    Dois novos casos de legionella foram esta quarta-feira confirmados. A informação foi avançada em comunicado pela Direção-Geral da Saúde. Tratam-se de duas pessoas com mais de 80 anos, internadas no Hospital São Francisco Xavier e no Egas Moniz, ambas em situação clínica estável.

  • Quem é o novo Presidente do Zimbabué?
    2:15

    Mundo

    Emmerson Mnangagwa é o sucessor de Robert Mugabe que regressou esta quarta-feira da África do Sul, onde estava refugiado. No primeiro discurso, o Presidente do Zimbabué falou de uma nova democracia no país. Mnangagwa, conhecido como crocodilo, é suspeito de atrocidades na guerra civil pós-independência. 

  • Diminuem as hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino
    3:09

    Mundo

    As hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino, desaparecido há 8 dias, começaram a diminuir, uma vez que o chamado "tempo de segurança" já foi ultrapassado. A Marinha portuguesa está a acompanhar o caso do submarino que está desaparecido há oito dias. As hipóteses de salvar os tripulantes vão diminuindo.

  • Comprar um carro em segunda mão sem ser enganado 
    8:44
  • O que aprendemos com secas anteriores?
    32:50