sicnot

Perfil

Miguel Sousa Tavares

"Esta história tem todo o potencial para abalar a já débil relação entre Portugal e Angola"

"Esta história tem todo o potencial para abalar a já débil relação entre Portugal e Angola"

Miguel Sousa Tavares diz que a história do OPA do CaixaBank ao BPI tem todo o potencial para abalar a já débil relação entre Portugal e Angola. O comentador diz que este desenlace é tudo aquilo que o Governo português não queria e, que o que mudou em relação à OPA que a CaixaBank lançou há um ano é a desblindagem dos estatutos.

  • CaixaBank lança OPA sobre BPI
    0:51

    Economia

    O CaixaBank lançou hoje uma Oferta Pública de Aquisição (OPA) sobre o BPI, depois de terem falhado as negociações com Isabel dos Santos. O banco espanhol oferece 1,113 euros por cada ação do banco português.

  • Governo enviou para Belém diploma que acaba com limitação dos direitos de voto
    2:06

    Economia

    Não há acordo entre o BPI e Isabel dos Santos. O banco acusa a empresária angolana de desrespeitar o que tinha sido acordado. O primeiro-ministro, António Costa, lamenta mas acredita que o BPI vai encontrar uma solução para responder às exigências do BCE. A SIC sabe que o Governo se prepara para resolver o assunto de outra forma, já terá seguido para Belém um diploma que acaba com a limitação dos direitos de voto e abre caminho a uma OPA do Caixabank.

  • Governo prepara-se para forçar solução no BPI

    Economia

    Já está em Belém um diploma do Governo que acaba com a limitação dos direitos de voto dos acionistas de bancos, apurou a SIC. Se o Presidente da República promulgar o diploma, o La Caixa vai poder exercer o direito de voto correspondente aos 44% que detém no capital do BPI e a partir daí, assumir o controlo do banco e avançar com uma OPA sobre o restante capital.

  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Turista italiano assassinado em favela do Rio de Janeiro
    1:01

    Mundo

    Um turista italiano de 52 anos foi assassinado numa favela do Rio de Janeiro, no Brasil, enquanto viajava com um amigo. Após várias horas com o gangue autor do crime, o amigo que se encontrava com a vítima acabou por ser libertado.

  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47