sicnot

Perfil

País

  • Caixa multibanco assaltada em Portugal a cada dois dias
    2:43

    País

    O semanário Expresso conta que a mulher que morreu vítima de um disparo de agentes da PSP foi atingida pelas costas. O caso está a ser investigado pela PJ, que procura encaixar as peças da noite que acabou com uma morte inocente mas que começou com uma perseguição a um grupo de assaltantes de um multibanco. Assaltos que são cada vez mais comuns e que preocupam o Governo. A cada dois dias, uma caixa é assaltada.

  • Incêndios em Portugal - um mês depois
    9:10

    Reportagem Especial

    Regressar a casa para refazer a vida é tudo o que querem as famílias a quem o fogo levou quase tudo, há cerca de um mês. Contudo, esse regresso não tem sido fácil. Depois dos incêndios, famílias e empresas ainda têm de vencer as burocracias. A Reportagem Especial deste sábado regressa a Seia, onde arderam mais de 70 casas de primeira habitação e onde a vida de muitos parece ter entrado num impasse.

  • Santana mostra abertura a eventual alteração dos estatutos do PSD no congresso
    0:44

    País

    Pedro Santana Lopes mostra-se mais aberto do que Rui Rio em relação à alteração dos estatutos do PSD no próximo congresso. Em Lisboa, num encontro das Mulheres Social-Democratas, onde participou o adversário, o candidato à liderança do partido defendeu que o PSD carece de uma modernização profunda e garantiu que vai mesmo desafiar Rui Rio para um trabalho conjunto.

  • Marcelo em torneio de golfe de apoio às vítimas dos incêndios
    1:59

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa reconhece a preocupação do Governo em relação ás populações afetadas pelos incêndios, mas diz esperar para ver se a eficácia da resposta corresponde às intenções. O comentário do Presidente da República foi feito este sábado em Albufeira, durante a Taça Portugal Solidário, um torneio de golfe cujas verbas reverteram para as viíimas dos fogos.

  • Milhares nas ruas de Lisboa por melhores condições de trabalho
    2:49

    País

    Milhares de pessoas estiveram este sábado na primeira grande manifestação nacional organizada pela CGTP este ano. Os sindicatos exigem mais do Governo e o PCP também. Jerónimo de Sousa quer alargar o tempo de contagem nas carreiras a todos os trabalhadores da função pública e pede que o salário mínimo seja aumentado para os 600 euros, já no próximo ano.