Última Edição

Liga Europa: 3ª jornada

0
0:05

Última Edição

1
1:18

"Resistimos à tentação de aumentar o IVA"

2
0:32

Maria Luís Albuquerque "tranquila" quanto à solidez da banca nacional

3
0:40

Ministro prevê menos despesas das famílias com saúde após reforma do IRS

4
0:58

Ministro fala numa poupança de 200 M€ na Educação em 2015

5
2:04

Administrativos e auxiliares de saúde em greve contra falta de pessoal e sobrecarga de trabalho

6
1:35

Manhã tranquila no Hospital de Sto António, Porto

7
2:12

Profissionais da Guarda falam em alegados prémios e castigos na GNR de Évora

8
1:59

Novo pacote europeu sobre energia prevê corte de 40% das emissões de carbono

9
1:44

Rússia ainda tem tropas no leste da Ucrânia, segundo a NATO

10

Antigo líder de Hong Kong apela ao fim pacífico de protestos pró-democracia

11
3:09

Polícia canadiana confirma identidade do responsável pelo ataque em Otava

12
2:22

Sondagens dão vitória a Dilma nas Presidenciais brasileiras

13
0:46

FC Porto vai amanhã a Arouca

17:59 06.11.2012

Primeiro período de férias judiciais de 22 de dezembro a 03 de janeiro

Regime de férias judiciais, diploma relativo a projetos do PSD e do PCP, foi aprovado a 22 de outubro de 2010

O primeiro de três períodos do regime de férias judiciais anuais, fixado pelo Conselho Superior da Magistratura (CSM) e publicado hoje em Diário da República, cumpre-se de 22 de dezembro a 2012 a 03 de janeiro de 2013.

Os outros dois períodos do Regulamento das Férias e Turnos Judiciais,  aprovado em sessão plenária ordinária do CSM de 16 de outubro deste ano, estão fixados de 24 de março a 01 de abril de 2013 e de 16 de julho a 31 de agosto do mesmo ano. 

O Regulamento das Férias e Turnos Judiciais teve apreciação prévia da Secção de Acompanhamento e Ligação aos Tribunais Judiciais. 

Este regime de férias judiciais, diploma relativo a projetos do PSD e do PCP, foi aprovado a 22 de outubro de 2010, no plenário da Assembleia da República, com os votos a favor do PSD, CDS/PP, Bloco de Esquerda, PCP e Os Verdes. Apenas PS votou contra. 

Lusa

Comentários

ATENÇÃO:ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.
Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

Comentários

Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

País

Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

CT: NEWS
X

Sabia que o seu Internet Explorer está desatualizado?

Para usufruir da melhor experiência de navegação na nossa página web recomendamos que atualize para uma nova versão. Por favor faça a atualização aqui .