sicnot

Perfil

País

Início da semana cinzento, fim da semana com sol e temperaturas de mais de 20 graus

O tempo para o início da semana prevê-se nublado, com chuva fraca e temperaturas mínimas, a descer, mas para o fim de semana, a tendência é para que as máximas subam e que o céu fique limpo.

1611 - O astrónomo holandês David Fabricius observa, pela primeira vez, as manchas do sol.

1611 - O astrónomo holandês David Fabricius observa, pela primeira vez, as manchas do sol.

De acordo com o meteorologista Bruno Café, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), contactado pela agência Lusa, as previsões para hoje e para terça-feira são muito semelhantes, com o céu "muito nublado nas regiões a norte e litoral centro", sendo que a sul "melhoram a partir da tarde".

Na segunda e terça-feira podem ser esperados, de acordo com o meteorologista, "períodos de chuva fraca, ou chuviscos, no norte e no  centro, em especial no litoral", com persistência no Minho e Douro Litoral, "onde a chuva poderá ser moderada". 

Já para quarta e quinta-feira, a nebulosidade tende a diminuir, com a temperatura mínima a descer, mas voltando a subir na próxima sexta-feira, o mesmo acontecendo com as máximas.

Se a tendência se mantiver, o meteorologista Bruno Café avança com a previsão de que o próximo fim de semana será de sol e com temperaturas que podem rondar os 23/24 graus de máxima.

Para hoje, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera prevê céu geralmente muito nublado, diminuindo de nebulosidade na região sul e interior das regiões norte e centro, a partir do final da manhã. Prevêem-se igualmente períodos de chuva fraca ou chuvisco nas regiões norte e centro, em especial no litoral e até ao final da manhã, persistindo e sendo por vezes moderada no Minho e Douro litoral.


  • França vence o Peru e apura-se para os oitavos de final do Mundial

    Mundial 2018 / França

    A França venceu o Peru num encontro da 2.ª jornada do grupo C do Mundial 2018. Aos 34 minutos, Pogba passou para Giroud na esquerda, que tentou de pronto o remate, mas a bola saiu prensada por um defesa e chegou até à boca da baliza, onde apareceu Mbappé que praticamente só tem que encostar para pôr a França em vantagem no marcador. Ainda na primeira parte, Lucas Hernández tentou, por duas vezes consecutivas, marcar o segundo golo da França. Na segunda parte, o peruano Farfán ainda rematou várias vezes à baliza de Hugo Lloris, mas sem êxito.

  • Colisão mortal no IC1 perto da Marateca
    1:51
  • Portugal e Espanha empatados em tudo... menos nos amarelos
    1:42
  • Fase de grupos é o "momento mais crítico", diz Fernando Santos
    0:21