sicnot

Perfil

País

Português tem fotografia do dia em site da NASA

O astro-fotógrafo amador Nuno Serrão tem uma fotografia sua, tirada a 25 de fevereiro, como a foto do dia de hoje no site gerido pela Agência Espacial Norte Americana (NASA).

Nuno Serrão

A fotografia em causa retrata a conjugação de três planetas e uma nuvem de forma lenticular, uma formação nublosa que é parecida a um Objecto Voador Não Identificado, razão para ter sido escolhida.

"Fui contactado por um astrónomo que faz a gestão do sítio da internet 'Astronomy Picture of the Day' (APA) e o interesse deles foi por uma fotografia que eu tinha tirado à conjunção de Vénus, Marte e da Lua, no dia 25 de fevereiro, em que também aparecia uma nuvem lenticular", explicou o fotógrafo.

O APA está ativo desde 16 de junho de 1995 e, todos os dias, coloca uma fotografia "diferente do universo", num sítio da internet gerido pela NASA e pela Universidade Tecnológica do Michigan, nos Estados Unidos.

De acordo com Nuno Serrão, "esta será nona vez que a fotografia de um português está como fotografia do dia", naquele sítio da internet.

A fotografia em causa não foi tirada ao acaso, já que Nuno Serrão andava "há mais de seis meses a tentar captar a estação internacional espacial", mas o azar da existência de nuvens ou de chuva sempre lograram essa expectativa, quando a estação passa por cima da ilha da Madeira.

O astrónomo que fez a descrição da foto refere mesmo que a intenção inicial "era fotografar um raro ângulo em que se conjugariam Marte, Vénus, com o bónus de uma Lua crescente e a estação espacial".

Nuno Serrão é diretor criativo numa empresa de publicidade e fotógrafo, incluindo a variante da astro-fotografia, e reconhece que a foto em causa "é a menos espetacular do céu noturno", mas também foi aquela que teve mais impacto exatamente por ter apanhado "este momento" em especial.

"Esta teve a particularidade de, na Madeira, ter a coincidência de ter esta nuvem de forma muito particular para acompanhar este momento", explica.

Reconhece ser "uma satisfação enorme" porque desde pequeno, "apenas com sete anos", tinha o hábito de ir para o terraço "olhar as estrelas" e porque, sendo fã de astronomia e de física teórica, ter uma fotografia destacada pela NASA "é um orgulho".

A fotografia pode ser observada em  NASA, durante o dia de hoje.

  • PS vai continuar a procurar entendimentos à esquerda
    1:38
  • Carlos César admite diálogo "mais fácil" com PSD de Rio
    1:36

    País

    O presidente e líder parlamentar do PSD diz que o partido não precisa de novos aliados, mas acredita que vai ser mais fácil dialogar com o PSD liderado por Rui Rio, Carlos César visitou esta segunda-feira as regiões afetadas pelos incêndios do ano passado, no primeiro dia das jornadas parlamentares dos socialistas.

  • 22 mortos devido a gripe H1N1 no Equador

    Mundo

    Uma epidemia de gripe H1N1 provocou a morte de 22 pessoas no Equador, onde estão diagnosticados perto de 500 casos, anunciou esta segunda-feira o vice-ministro da Saúde, Carlos Duran.

  • Benfica é o único clube português na lista dos mais ricos
    1:34
  • Papa pede perdão a vítimas de abusos por ter usado expressão "menos feliz"
    1:21

    Mundo

    No final da visita à América Latina, já no avião de regresso a Roma, o Papa Francisco pediu desculpa às vítimas de abusos sexuais no Chile. O líder da Igreja católica considerou que utilzou uma expressão menos "feliz" quando saiu em defesa do bispo Juan Barros, exigindo "provas" a quem o acusa de não ter agido.

  • Os três pontos de Ronaldo
    1:16
  • Decifrado pergaminho encontrado há 50 anos

    Mundo

    Investigadores israelitas reconstituíram e decifraram um dos dois manuscritos de pergaminhos do Mar Morto que nunca tinham sido interpretados desde que foram descobertos há meio século, anunciou a universidade israelita de Haifa.

  • Refeição de 1.100 euros em Veneza

    Mundo

    O centro de Veneza oferece os mais variados restaurantes. Com menu obrigatório, sem menu, com taxas, sem taxas, sentando ou em pé. Depois há aqueles restaurantes que cobram 1.100 euros por cinco pratos acompanhados por água. O caso aconteceu com quatro turistas japoneses, que depois de pagarem a conta, apresentaram queixa às autoridades. O presidente da Câmara da cidade italiana já disse que ia investigar a situação e, caso se confirmasse, prometeu que iria castigar os responsáveis.

    SIC