sicnot

Perfil

País

Eixo Atlântico pede construção de 15 quilómetros de estrada de Bragança a Espanha

 O secretário-geral do Eixo Atlântico apelou hoje à construção dos 15 quilómetros de estrada do lado português entre Bragança e Puebla de Sanábria, sublinhando que o investimento é inferior ao que poderão custar três quilómetros de TGV.

Depois de uma reunião com os presidentes das câmaras de Braga, Bragança, Porto e Viana do Castelo, o secretário-geral da eurorregião, Xoan Vázquez Mao, lembrou que se trata de "uma estrada de 30 quilómetros, dos quais 15 são construídos por Espanha".

"Simplesmente, o Governo tem de investir no custo de uma estrada de 15 quilómetros. Só o ter de pronunciar isto é quase miserável. Uma estrada de 15 quilómetros para que o nordeste transmontano tenha acesso ao TGV. O custo que pode ter é menor do que podem custar três quilómetros de TGV", afirmou aos jornalistas.

Em outubro, a comissão executiva do Eixo Atlântico decidiu diligenciar junto dos governos português e espanhol para que avancem com a construção da estrada de Bragança a Puebla de Sanábria, travada há anos pelos impactos no Parque Natural de Montesinho.

O presidente da Câmara Municipal de Bragança, Hernâni Dias, realçou hoje que o valor da obra está estimado entre 25 e 30 milhões de euros e que pretende "captar os fluxos turísticos da zona espanhola".

"Entendemos que estando Bragança no centro daquilo que é a Europa e tendo em conta esta eurorregião, logicamente que esta ligação faz todo o sentido e nós reivindicá-la-emos até ao limite", disse o autarca.

A ligação com cerca de 30 quilómetros já esteve prevista no Plano Rodoviário Nacional, mas foi excluída depois de vários "chumbos" devido aos impactos ambientais na área protegida do Parque Natural de Montesinho.

Os dirigentes da associação ibérica Eixo Atlântico, que junta 38 cidades do Norte de Portugal e da Galiza, em Espanha, defenderam que esta ligação da fronteira ganhou uma nova importância numa altura em que se perspetiva a construção de uma estação do TGV espanhol, em Puebla de Sanábria, a 30 quilómetros de Bragança.


Lusa
  • "A vitória de Bruno de Carvalho pode ser uma vitória de Pirro"
    1:01
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    As eleições para a presidência do Sporting realizam-se no próximo sábado e os comentadores d'O Dia Seguinte avaliaram já as hipóteses de vitória dos candidatos. Rui Gomes da Silva considera que a gravação que implicava José Maria Ricciardi não vai influenciar a decisão de voto. Já Paulo Farinha Alves acredita que Bruno de Carvalho vai vencer a eleição. Contudo José Guilherme Aguiar avisa as eleições podem não trazer estabilidade ao Sporting.

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • SIC revela relatório que provava falência do GES
    2:06
  • Sócrates acusa Cavaco de conspiração
    0:57
  • Bastidores do sambódromo: um espétaculo à parte
    3:22
  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22
  • Como a maioria de Esquerda gere as votações
    2:15

    País

    A gestão entre os partidos é feita diariamente mas nem sempre PCP e Bloco de Esquerda têm votado ao lado do Governo. A SIC ouviu um politólogo, que diz que o objetivo é cada um salientar as diferenças que os separam do PS. No entanto, também há exemplos que provam que nenhum dos partidos quer pôr em causa a estabilidade política.