sicnot

Perfil

País

Terreno da antiga Feira Popular de Lisboa em "pré-anúncio" de venda

O terreno da antiga Feira Popular de Lisboa, com uma área de construção de 143 mil metros quadrados, foi hoje colocado em "pré-anúncio" de venda na internet, para fomentar o interesse dos investidores, segundo um diretor municipal.

SIC/Arquivo

SIC/Arquivo

SIC

"O que estamos a fazer é um pré-anúncio apenas com a referência do terreno, da área e da localização, de modo a que haja mais interessados", afirmou o diretor do Departamento de Política de Solos e Valorização Patrimonial da Câmara de Lisboa, António Furtado, em declarações à agência Lusa.

O município colocou hoje no 'site' cidadedeoportunidades.cm-lisboa.pt informações sobre o terreno, localizado em Entrecampos, abrangendo as avenidas das Forças Armadas, da República e 5 de Outubro.

De acordo com a publicação, feita em inglês, "esta é a mais recente grande oportunidade de efetuar um negócio imobiliário no centro de Lisboa".

"Temos a clara sensação de que não será coisa para um pequeno ou médio investidor, mas para grandes investidores", daí a necessidade de "penetração no mercado internacional", justificou António Furtado.

Ainda assim, o responsável frisou que "não há data nem preço" definidos para a hasta pública na qual vai ser vendido o terreno, já que as condições terão de "ser aprovadas pelos órgãos municipais [Câmara e Assembleia Municipal] e depois objeto de publicação".

Na informação divulgada, são apresentados como possíveis usos a habitação, o comércio, os serviços e a hotelaria.

Porém, dada a sua dimensão, o terreno "poderia consagrar todos estes usos e não apenas um", sublinhou o diretor do Departamento de Política de Solos e Valorização Patrimonial.

Paralelamente à descrição do espaço, foi publicado um vídeo promocional que mostra imagens de zonas da cidade como a baixa pombalina, o Marquês de Pombal, a Avenida Fontes Pereira de Melo e o terreno em si, atualmente desocupado.

No vídeo, é também indicado que este espaço se encontra a "cinco minutos do aeroporto" da capital.

Na apresentação do orçamento para 2015, feita em novembro do ano passado, o presidente da Câmara de Lisboa, António Costa (PS), anunciou que a autarquia pretendia alienar os terrenos da antiga Feira Popular durante este ano.

Em março de 2014, a Assembleia Municipal de Lisboa autorizou a Câmara a pagar cerca de 101 milhões de euros à empresa Bragaparques para a aquisição dos terrenos da antiga Feira Popular e do Parque Mayer.

Na origem deste processo está a permuta, há uma década, de parte dos terrenos da antiga Feira Popular (então propriedade municipal) pelos do Parque Mayer (que pertenciam à Bragaparques).

O negócio envolveu ainda a venda em hasta pública do lote restante da Feira Popular à Bragaparques, depois de a empresa ter exercido o direito de preferência, passando a deter a totalidade do espaço.

A Feira Popular abriu para a sua última temporada a 28 de março de 2003. Em outubro desse ano fechou portas e, segundo o projeto da Bragaparques, deveria ter-se seguido a construção de um empreendimento com cerca de 700 habitações, comércio e serviços.

Lusa

  • Carro que atropelou adepto encontrado na casa de um amigo do suspeito
    2:18

    Desporto

    O carro que terá atropelado o adepto italiano que morreu junto ao Estádio da Luz foi encontrado esta terça-feira, numa garagem na Amadora, na casa de um amigo do suspeito. Trata-se de um homem na casa dos 30 anos que pertence à claque No Name boys e é agora procurado pela Polícia Judiciária.

  • Os filhos do divórcio
    20:50
  • Será que lavar em lavandarias self-service compensa?
    8:21
  • A SIC foi dar uma volta de bicicleta

    País

    Há 90 anos, cerca de 40 ciclistas partiam do Marquês de Pombal, em Lisboa, para a primeira etapa da 1.ª Volta a Portugal de Bicicleta. Hoje, um grupo de investigadores repete o percurso, até Setúbal, dando início a uma viagem que pretende incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte no dia-a-dia. Um jornalista da SIC segue no pelotão e pode acompanhar a viagem em direto no Facebook da SIC Notícias.

    SIC

  • Avião divergiu para as Lajes devido a discussão a bordo

    País

    Um avião da companhia aérea British Airways divergiu hoje para o aeroporto das Lajes, na ilha Terceira, nos Açores, devido a uma discussão a bordo entre um casal de passageiros e a tripulação, informou hoje a Força Aérea Portuguesa.

  • Web Summit inaugura primeiro escritório fora da Irlanda em Lisboa
    1:58

    Web Summit

    A Web Summit inaugurou em Lisboa o primeiro escritório fora da Irlanda, que vai dar emprego a 20 pessoas, algumas portuguesas. O próximo objectivo é alargar eventos a outros pontos do país. A conferência internacional regressa a Lisboa entre 6 e 9 de novembro e, a organização espera ter 60 mil participantes.

  • Ivanka Trump vaiada por defender o pai durante debate sobre igualdade de género
    1:51

    Mundo

    Com o propósito de criar pontes com Donald Trump, a chanceler alemã Angela Merkel convidou a filha mais velha do Presidente norte-americano para participar numa cimeira. No entanto as coisas não correram muito bem e Ivanka Trump foi vaiada pela audiência por ter defendido o pai quando o assunto era a igualdade de género. 

  • Irmã da mulher mais pesada do mundo acusa hospital de mentir

    Mundo

    A irmã da mulher egípcia que se acreditava ser a mais pesada do mundo acusou os médicos de mentirem acerca da sua perda de peso. No entanto, o hospital que realizou a cirurgia bariátrica já respondeu às acusações, defendendo que a mulher pesa agora 172 quilos.