sicnot

Perfil

País

"Governo tem de assumir responsabilidades em vez de culpar os serviços"

"Governo tem de assumir responsabilidades em vez de culpar os serviços"

António Costa diz que os factos que vieram a público sobre a alegada lista VIP de contribuintes desmentem o primeiro-ministro. O líder do PS diz que o Governo tem de assumir responsabilidades em vez de culpar os serviços.

  • "Temos os cofres cheios"
    1:35

    País

    A ministra das Finanças diz que o país tem os cofres cheios para qualquer eventualidade. A revelação que promete polémica foi feita ontem à noite em Coimbra. Maria Luís Albuquerque também deixou claro que é preciso continuar a cortar na despesa.

  • Paulo Núncio foi o autor da lista VIP, diz Sindicato dos Impostos
    2:16

    Economia

    O Sindicato dos Impostos volta a pedir a demissão do secretário de Estado, alegando que Paulo Núncio foi o autor da lista. Mas para já estão a cair apenas figuras consideradas de segundo pano. Depois de António Brigas Afonso, demitiu-se esta manhã o subdiretor geral da justiça tributária e aduaneira. José Maria Pires era o responsável pela área de segurança informática e terá sido ele a sugerir a criação da lista VIP de contribuintes.

  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Football Leaks

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornal Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Football Leaks

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.