sicnot

Perfil

País

GNR detém no Algarve suspeito de furto escondido em jardim de moradia de férias

Um homem foi hoje detido por suspeitas de furto, depois de ter sido encontrado pela GNR, durante a madrugada, escondido no jardim de uma moradia de férias no Burgau, em Vila do Vispo. 

Em comunicado, a GNR adianta que se deslocou para o local após o alarme da moradia ter sido ativado, tendo encontrado sinais de arrombamento e, no jardim da casa, o homem, de 44 anos, que se encontrava escondido na vegetação.

Ao aperceber-se de que tinha sido visto pelos militares, o suspeito fugiu, atravessando jardins de outras casas, mas os militares conseguiram alcançá-lo, altura em que foram agredidos pelo homem, que lançou ainda gás pimenta contra um dos agentes.

Segundo o comando de Faro da GNR, apesar da "forte e continuada resistência", os militares controlaram o homem, que tinha consigo um par de luvas, uma lanterna, chaves de fendas e um berbequim, para além de duas latas de gás pimenta.

A GNR localizou ainda, junto à residência, uma mala de viagem com um martelo, binóculos, uma lanterna, duas facas de cozinha, garrafas de bebidas alcoólicas e vestuário diverso.

O detido, com antecedentes por furto, está a ser presente ao Departamento de Investigação e Ação Penal de Albufeira para aplicação de eventuais medidas de coação. 

Em Loulé, na tarde de sexta-feira, a GNR deteve também um homem de 35 anos suspeito de ter cometido dois furtos, em estabelecimentos comerciais de Almancil (Loulé) e Faro, durante aquela madrugada.

Os militares detetaram o homem, quando circulavam na Estrada Nacional 125, entre Almancil e Faro, ao volante de um veículo que constava como tendo sido furtado.

A GNR viria a intercetar o homem no Sítio do Troto (Almancil), tendo apreendido o carro que conduzia, que se verificou ter sido furtado há um mês, e material alegadamente resultante dos furtos, entre os quais computadores, um televisor e dois telemóveis.

O homem tinha também consigo um pé de cabra, lanternas, luvas, chaves-de-fendas, uma chave inglesa e um berbequim sem fios.

Residente em Almancil e com antecedentes pelo mesmo tipo de crime, o homem está durante a tarde a ser presente ao Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) do Ministério Público de Vila Real de Santo António. 

Lusa
  • Portuguesa entre os 14 mortos dos atentados na Catalunha

    Ataque em Barcelona

    Uma das 13 vítimas mortais do atentado de ontem em Barcelona é portuguesa e há mais um português desaparecido. Entretanto, uma pessoa morreu e cinco suspeitos foram abatidos num segundo ataque esta madrugada em Espanha. As operações de busca centram-se num nome: Moussa Oukabir. Siga aqui as últimas informações, ao minuto.

    Em atualização

  • Driss Oukabir: suspeito do atentado ou vítima de roubo de identidade?
    2:40

    Ataque em Barcelona

    Um dos dois suspeitos, do ataque nas Ramblas, detidos pela polícia foi inicialmente identificado como Driss Oukabir, um homem de 28 anos. Mais tarde, um homem com o mesmo nome apresentou-se numa esquadra em Girona, a mais de 100 quilómetros do local do atropelamento afirmando que lhe tinha sido roubada a identificação. De acordo com alguma imprensa espanhola, poderá ter sido o irmão, Moussa Oukabir, um jovem de 18 anos que vive em Barcelona, como explicou também Nuno Rogeiro, comentador da SIC.

  • "Nas Ramblas, é como se nada tivesse acontecido"
    1:35

    Ataque em Barcelona

    Um atentado terrorista em Barcelona matou 13 pessoas e feriu cerca de 100. O ataque aconteceu na zona das Ramblas, quando uma carrinha avançou sobre quem circulava nessa grande via no centro da capital da Catalunha. O repórter Emanuel Nunes está em Barcelona e deu conta do regresso à normalidade nas Ramblas, logo às primeiras horas da manhã.

  • Barcelona abalada pelo terrorismo
    1:03
  • "O abandono provoca incêndios desta dimensão"
    0:55

    País

    O antigo vereador da Câmara de Mação José Silva acredita que a desertificação do interior também é, em parte, responsável pelos incêndios. Segundo José Silva, Mação tem cada vez menos habitantes e é por essa razão que os terrenos são deixados ao abandono.

  • Mação perdeu 80% da área florestal
    3:39
  • Médicos e ministro da Saúde voltam hoje às negociações

    País

    O Ministério da Saúde deverá apresentar uma proposta que poderá ser decisiva para a convocação ou não de uma nova greve. O Sindicato Independente dos Médicos e a Federação Nacional de Médicos tinham anunciado, no dia 11 de agosto, que vão realizar uma greve de dois dias na primeira semana de outubro, se a nova proposta negocial não levar em conta o que reivindicam.