sicnot

Perfil

País

Militares da GNR agredidos ao impedir festa num bairro de Cascais

Dois militares da GNR de Alcabideche, em Cascais, foram agredidos esta madrugada por um grupo que participava numa festa no Bairro da Cruz Vermelha, tendo sido transportados para o hospital, disse à Lusa fonte da GNR.

Arquivo

Arquivo

De acordo com fonte do comando geral da GNR, o alerta foi dado cerca da 01:30 de hoje, por um vizinho que se queixou do barulho que estaria a decorrer numa festa.

"Os militares de Alcabideche foram ao local para controlar a situação e depressa começaram a ser agredidos por pessoas que estavam nessa festa", relatou.

Na sequência das agressões, dois elementos ficaram "com várias lesões por todo o corpo, sobretudo na cabeça", tendo sido transportados para o Hospital de Cascais.

De acordo com a GNR, ao meio-dia os elementos ainda estavam no hospital em observação.

Os agressores, segundo a mesma fonte, puseram-se em fuga e não estão ainda identificados.

"Só quando falarmos com os militares agredidos é que teremos mais informações sobre os suspeitos", concluiu.


Lusa
  • Resgate de mais de 300 migrantes no Mediterrâneo
    2:08
  • 10 Minutos com Eurico Reis
    11:20

    10 Minutos

    Há quatro meses que Portugal é um dos poucos países europeus onde é possível recorrer à gestação de substituição. E há já um casal que teve luz verde para começar os tratamentos. Para um balanço, foi nosso convidado Eurico Reis, juiz desembargador e presidente do Conselho Nacional de Procriação Medicamente Assistida, a entidade que autoriza os processos de gestação de substituição.

    Entrevista completa

  • Parlamento discute utilização de animais no circo
    2:01