sicnot

Perfil

País

Militares da GNR agredidos ao impedir festa num bairro de Cascais

Dois militares da GNR de Alcabideche, em Cascais, foram agredidos esta madrugada por um grupo que participava numa festa no Bairro da Cruz Vermelha, tendo sido transportados para o hospital, disse à Lusa fonte da GNR.

Arquivo

Arquivo

De acordo com fonte do comando geral da GNR, o alerta foi dado cerca da 01:30 de hoje, por um vizinho que se queixou do barulho que estaria a decorrer numa festa.

"Os militares de Alcabideche foram ao local para controlar a situação e depressa começaram a ser agredidos por pessoas que estavam nessa festa", relatou.

Na sequência das agressões, dois elementos ficaram "com várias lesões por todo o corpo, sobretudo na cabeça", tendo sido transportados para o Hospital de Cascais.

De acordo com a GNR, ao meio-dia os elementos ainda estavam no hospital em observação.

Os agressores, segundo a mesma fonte, puseram-se em fuga e não estão ainda identificados.

"Só quando falarmos com os militares agredidos é que teremos mais informações sobre os suspeitos", concluiu.


Lusa
  • Mação volta a enfrentar dias de pânico
    3:33
  • Fogo obrigou à evacuação de 6 aldeias do concelho do Sardoal
    1:56

    País

    O incêndio que chegou ao Sardoal obrigou à evacuação de seis aldeias. As pessoas foram encaminhadas para as instalações da Santa Casa da Misericórdia e vão regressando ao longo do dia de hoje. A A23 foi reaberta de madrugada, depois de ter estado várias horas cortada nos dois sentidos .

  • Ministra admite que a maioria dos incêndios começaram por mão humana
    1:57

    País

    A Ministra da Administração Interna admitiu esta quarta-feira que a maioria dos incêndios deste ano começaram por mão humana, mas Constança Urbano de Sousa entende que é cedo para tirar outras conclusões. Já o vice-presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, Adelino Gomes, diz que não há duvidas e fala em terrorismo organizado. 

  • Sismo na região de Lisboa sentido num raio de 150km
    3:19