sicnot

Perfil

País

Militares da GNR agredidos ao impedir festa num bairro de Cascais

Dois militares da GNR de Alcabideche, em Cascais, foram agredidos esta madrugada por um grupo que participava numa festa no Bairro da Cruz Vermelha, tendo sido transportados para o hospital, disse à Lusa fonte da GNR.

Arquivo

Arquivo

De acordo com fonte do comando geral da GNR, o alerta foi dado cerca da 01:30 de hoje, por um vizinho que se queixou do barulho que estaria a decorrer numa festa.

"Os militares de Alcabideche foram ao local para controlar a situação e depressa começaram a ser agredidos por pessoas que estavam nessa festa", relatou.

Na sequência das agressões, dois elementos ficaram "com várias lesões por todo o corpo, sobretudo na cabeça", tendo sido transportados para o Hospital de Cascais.

De acordo com a GNR, ao meio-dia os elementos ainda estavam no hospital em observação.

Os agressores, segundo a mesma fonte, puseram-se em fuga e não estão ainda identificados.

"Só quando falarmos com os militares agredidos é que teremos mais informações sobre os suspeitos", concluiu.


Lusa
  • Bataglia deixou passar 12 milhões pela sua conta a pedido de Salgado
    2:05

    Operação Marquês

    O presidente da Escom e arguido na Operação Marquês Helder Bataglia terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, amigo de José Sócrates. O amigo de Sócrates e Bataglia terão combinado várias formas de não levantar suspeitas. A notícia é avançada pelo jornal Expresso na edição deste sábado.

  • Dirigente derrotado da Gâmbia concorda em ceder poder

    Mundo

    O ex-presidente e candidato derrotado das eleições na Gâmbia, Yahya Jammeh, concordou em ceder o poder ao novo Presidente do país, empossado na quinta-feira, indicou esta sexta-feira um responsável governamental senegalês.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.