sicnot

Perfil

País

CDS/PP disponível para viabilizar governo de coligação na Madeira

O cabeça de lista do CDS às eleições madeirenses, José Manuel Rodrigues, insistiu hoje na importância de não surgir no domingo mais um governo de maioria absoluta no arquipélago, declarando estar disponível apoiar a formação de uma coligação.

José Manuel Rodrigues, cabeça de lista do CDS às eleições madeirenses (Arquivo SIC)

José Manuel Rodrigues, cabeça de lista do CDS às eleições madeirenses (Arquivo SIC)

LUSA

"O CDS está disponível para negociar com outros partidos democráticos a formação de um novo governo para a Madeira com novas políticas", disse o candidato centrista madeirense numa iniciativa da campanha das eleições legislativas antecipadas de 29 de março que hoje decorreu na lota do Funchal, dedicada ao setor das pescas.

 

O presidente do CDS/PP-M apelou aos eleitores para que "não atribuam a nenhum [partido] uma maioria absoluta que se torna depois num poder absoluto" nas eleições do próximo domingo.

 

"O que tivemos nos últimos 40 anos foram maiorias absolutíssimas e estabilidade política. O resultado foi bancarrota financeira, desastre económico, com o encerramento de empresas, desemprego, emigração e miséria", argumentou, criticando mais uma vez a "campanha milionária" que o PSD está a realizar.

 

Sobre o tema da iniciativa realizada hoje, José Manuel Rodrigues afirmou ser "muito importante que se possa valorizar a Zona Económica Exclusiva da Madeira (ZEEM), que é uma das maiores da Europa".

 

Segundo o candidato, esta região "tem enormes potencialidades do ponto de vista de exploração da sua ZEE", pois também tem duas grandes reservas naturais (Ilhas Desertas e Selvagens), além de reservas naturais costeiras.

 

Por isso, José Manuel Rodrigues defendeu que "no âmbito económico é possível tirar mais-valias" de atividades como a pesca tradicional, aquacultura, exploração de minérios submersos, de produtos para farmacologia para cosmética, bem como da exploração das atividades de turismo náutico (regatas, surf, mergulho) e da energia das ondas).

 

"Há aqui um manancial de recursos que podem e devem ser explorados nos mares da Madeira", sublinhou.

 

O candidato também disse que o setor da pesca na Madeira "emprega muita gente" e deve ser potenciado para tornar-se sustentável, realçando que é necessário "dignificar a profissão de pescador" na região, certificar as artes de pesca tradicional para ir buscar mais fundos comunitários.

 

A valorização do preço do pescado, a criação de um fundo de compensação salarial para os períodos em que os pescadores não podem ir para o mar, a construção de uma nova lota na Madeira, assim como a de um porto de pesca em Câmara de Lobos e melhoramentos nos existentes em Machico e Caniçal, a reconversão da frota do peixe espada-preto e a redução do preço do gasóleo foram outras medidas preconizadas pelo candidato do CDS/PP-M.

 

Às eleições legislativas antecipadas na Madeira que foram convocadas pelo Presidente da República para 29 de março e concorrem 11 forças políticas, sendo oito partidos (PSD, CDS, JPP, BE, PND, PCTP/MRPP, PNR e MAS) e três coligações (Mudança (PS/PTP/MPT/PAN), CDU (PCP/PEV) e a Plataforma de Cidadãos 'Nós Conseguimos' (PPM/PDA).

 

Lusa

  • Não houve negligência médica no caso do jovem que morreu em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.