sicnot

Perfil

País

ASAE apreendeu 324 mil litros de vinho

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu 324 mil litros de vinho tinto e licoroso no âmbito da operação "Doce Cepa", realizada nas últimas duas semanas, anunciou hoje o organismo.

O valor aproximado do produto apreendido na operação, que incidiu no circuito de produção e comercialização de vinhos, ronda os 66.000 euros, lê-se num comunicado da ASAE.

A ação de fiscalização foi desencadeada pela Unidade Nacional de Informações e Investigação Criminal em vários locais portugueses, depois de se verificar que o operador de um estabelecimento de restauração e bebidas em Sines colocava vinho designado como "tipo moscatel" em garrafões de cinco litros e reaproveitando as garrafas de marcas registadas verdadeiras servi-as diretamente ao consumidor final.

Na operação verificou-se que o vinho era proveniente de um produtor de Arruda dos Vinhos e era comercializado e faturado como "vinho adamado" por um armazenista de Álcacer do Sal, acrescenta o documento.

Os vinhos apresentavam ainda caraterísticas licorosas anormais, pelo que foram classificados como alimentos avariados e com falta de requisitos, tendo sido instaurados processos-crime por produção, detenção e venda de produtos vitivinícolas anormais e fraude sobre mercadorias.

Lusa

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.