sicnot

Perfil

País

Costa fala em "brilhante carreira" de Silva Lopes ao serviço de Portugal

O secretário-geral socialista, António Costa, e o PS lamentaram esta quinta-feira a morte do antigo ministro e governador do Banco de Portugal José Silva Lopes, destacando a sua "brilhante carreira" ao serviço do desenvolvimento económico nacional.

A notícia da morte de José Silva Lopes, aos 82 anos, que foi ministro de vários governos provisórios após o 25 de Abril de 1974 e do III Governo Constitucional, foi transmitida pelo Banco de Portugal, instituição em que desempenhou as funções de governador. (Arquivo)

A notícia da morte de José Silva Lopes, aos 82 anos, que foi ministro de vários governos provisórios após o 25 de Abril de 1974 e do III Governo Constitucional, foi transmitida pelo Banco de Portugal, instituição em que desempenhou as funções de governador. (Arquivo)

SIC

A notícia da morte de José Silva Lopes, aos 82 anos, que foi ministro de vários governos provisórios após o 25 de Abril de 1974 e do III Governo Constitucional, foi transmitida pelo Banco de Portugal, instituição em que desempenhou as funções de governador. 

Num comunicado enviado à agência Lusa, o PS e o seu secretário-geral, António Costa, manifestaram "o seu profundo pesar" pela notícia da morte de Silva Lopes. 

"O doutor Silva Lopes serviu o país de forma dedicada e relevante, quer como membro de vários governos provisórios e do III Governo Constitucional, quer como governador do Banco de Portugal, mostrando-se sempre um defensor do crescimento e desenvolvimento económico e social de Portugal. Valores a que sempre se mostrou fiel em toda a sua brilhante carreira como economista", considerou António Costa.

Para o secretário-geral do PS, o desaparecimento do economista José Silva Lopes "constitui uma grande perda para todos os que se reveem naqueles valores e princípios". 

"À sua família e aos seus amigos, o PS e o seu secretário-geral apresentam as suas sentidas condolências", acrescenta a mesma nota.
Lusa
  • ANACOM apresenta recomendações para melhorar redes de telecomunicações
    1:17

    País

    A ANACOM entregou um conjunto de recomendações ao Governo, Parlamento, municípios e operadores de telecomunicações. A autoridade reguladora em Portugal das comunicações eletrónicas propõe que os cabos aéreos de telecomunicações sejam substituídos por cabos subterrâneos, entre outras coisas. O objetivo é impedir que as redes fiquem em baixo perante incêndios ou outras catástrofes.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC