sicnot

Perfil

País

Cerimónias fúnebres de Silva Lopes realizam-se quarta-feira em Lisboa

As cerimónias fúnebres do economista José da Silva Lopes vão realizar-se na quarta-feira na Basílica da Estrela, em Lisboa, e estarão a cargo do padre Vítor Melícias, disse à Lusa a filha do antigo governante.

A notícia da morte de José Silva Lopes, aos 82 anos, que foi ministro de vários governos provisórios após o 25 de Abril de 1974 e do III Governo Constitucional, foi transmitida pelo Banco de Portugal, instituição em que desempenhou as funções de governador. (Arquivo)

A notícia da morte de José Silva Lopes, aos 82 anos, que foi ministro de vários governos provisórios após o 25 de Abril de 1974 e do III Governo Constitucional, foi transmitida pelo Banco de Portugal, instituição em que desempenhou as funções de governador. (Arquivo)

SIC

Teresa Silva Lopes adiantou que ainda não é possível confirmar a hora a que a cerimónia decorrerá, mas deverá acontecer da parte da tarde.

Inicialmente, o funeral estava previsto para segunda-feira, mas a informação não se confirmou.

A filha de Silva Lopes relembrou o pedido do pai para amigos e familiares não gastem dinheiro em flores e que entreguem essa verba ao Instituto de Apoio à Criança (IAC).

Silva Lopes iniciou a sua carreira no Ministério da Economia em 1955, em 1969 integrou o conselho de administração da Caixa Geral de Depósitos e, entre 1975 e 1980, foi governador do Banco de Portugal.

Integrou os primeiros quatro governos do pós-25 de abril, foi consultor do FMI e do Banco Mundial, tendo desempenhado recentemente o cargo de presidente do Montepio Geral.

 

Lusa
  • CGTP espera milhares na 1ª manifestação nacional do ano
    1:49

    País

    A CGTP-IN conta ter "dezenas de milhares de trabalhadores" de todo o país e setores de atividade na primeira manifestação nacional do ano, marcada para esta tarde, em Lisboa, em defesa da valorização do trabalho e dos trabalhadores.Estão previstas centenas de autocarros e quatro comboios especiais, um de Braga e três do Porto, para transportar os manifestantes para a capital.De Coimbra saíram 13 autocarros, com cerca de 700 trabalhadores, de setores diferentes para exigir ao governo reposição de direitos perdidos.

  • A semana em revista

    Mundo

    Com a semana a chegar ao fim, a SIC Notícias apresenta-lhe, num único artigo, os destaques que marcaram a atualidade nos últimos dias. Um espaço onde pode ficar a saber, ou simplesmente recordar, os temas que marcaram a semana noticiosa.

    André de Jesus

  • Registadas mais de 500 queimadas em 12 horas

    País

    A Proteção Civil registou esta sexta-feira, no distrito de Viana do Castelo, entre as 06:00 e as 18:00, 515 queimadas, mais cerca de uma centena das contabilizadas na quinta-feira, sendo que três terão dado origem a incêndios florestais.