sicnot

Perfil

País

Treze distritos de Portugal e ilha da Madeira sob aviso amarelo devido a aguaceiros fortes

Treze distritos de Portugal continental e a ilha da Madeira encontram-se sob aviso amarelo devido à previsão de aguaceiros, por vezes fortes, que podem ser de granizo, de acordo com a informação do Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

© Rafael Marchante / Reuters

De acordo com a informação disponibilizada no IPMA, os 13 distritos do território nacional vão estar sob aviso amarelo entre as 6:00 e as 00:00 de hoje para a previsão de aguaceiros fortes que podem ser de granizo acompanhados de trovoada.

Os distritos de Aveiro, Viseu, Guarda, Coimbra, Castelo Branco, Leiria, Santarém, Lisboa, Portalegre, Évora, Setúbal Beja e Faro estão sob aviso amarelo, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, devido a previsão de aguaceiros fortes.

O distrito de Faro está ainda sob aviso amarelo também para a previsão de agitação marítima com previsão de ondas de sueste na costa sul com dois a três metros.

Já a costa da Madeira encontra-se sob aviso amarelo entre as 15:00 e as 00:00 de hoje devido à previsão de aguaceiros fortes, podendo ser acompanhados de trovoada.

Quanto às previsões meteorológicas para hoje, o IPMA prevê para a região norte céu geralmente pouco nublado, aumentando gradualmente de nebulosidade a partir da tarde, apresentando-se temporariamente muito nublado no litoral até meio da manhã.

Possibilidade de aguaceiros para o fim da tarde e uma pequena descida da temperatura.

Para as regiões do cento e sul é esperado também céu geralmente muito nublado, com aguaceiros, por vezes fortes, de granizo e acompanhados de trovoada em especial a partir do fim manhã, estando prevista também uma descida da temperatura máxima.

Em relação às temperaturas, as mínimas oscilam entre os cinco graus celsius em Bragança, que irá chegar aos 22 de máxima, e os 14 de mínima em Faro, com previsões de 18 de máxima.

Lisboa irá oscilar entre os 12 de mínima e os 22 de máxima, o Porto entre os 11 e os 22, enquanto Braga será a cidade mais quente com a previsão de 25 de máxima, sendo aquela onde há uma maior oscilação entre as mínimas e as máximas, já que tem previsto sete graus de mínima.

Na Madeira, as temperaturas deverão oscilar entre os 14 e os 18 graus de máxima, enquanto nos Açores estarão entre os 12 graus de mínima e os 16 em Santa Cruz das Flores, Horta e Ponta Delgada, enquanto Angra do Heroísmo só deverá chegar aos 15.

  • " A melhoria das contas públicas não foi feita à custa dos portugueses"
    1:30

    País

    Numa espécie de balaço deste ano e meio de governação, o primeiro-ministro voltou a assinalar voltou a assinalar a redução do défice e as melhorias nas contas públicas. Num jantar com militantes em Coimbra, António Costa garantiu ainda que a "verdadeira reforça do Estado avança até ao final desta legislatura, que é a Descentralização.

  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.

  • Norte também quer naturismo e praias de nudistas

    País

    O presidente da Turismo do Porto e Norte de Portugal defendeu hoje a criação de praias naturistas legalizadas na região, fazendo a apologia da formação de associações e negando que este seja um destino conservador.