sicnot

Perfil

País

Ordem dos Médicos vai abrir inquérito disciplinar no caso das provas de amamentação

Ordem dos Médicos vai abrir inquérito disciplinar no caso das provas de amamentação

A Ordem dos Médicos vai abrir um inquérito de averiguação disciplinar aos profissionais envolvidos nos casos das enfermeiras do Porto, que tiveram de espremer os seios, para provar que continuavam a amamentar. A Ordem diz que mesmo a possibilidade de atestados falsos não justifica este tipo de procedimento.

  • Ministro da Saúde não comenta prova de amamentação em hospitais
    0:12

    País

    O ministro da Saúde escusou-se a esclarecer se se revê na metodologia dos hospitais do Porto que, para manter as licenças para amamentação, terão obrigado enfermeiras a espremer os seios como prova de que estavam de facto a amamentar. No Algarve, à margem do Congresso de Cardiologia, Paulo Macedo limitou-se esta tarde a garantir que não deu qualquer ordem para que isso passasse a ser exigido.

  • Enfermeiras espremem seios para comprovar amamentação
    1:28

    País

    Duas enfermeiras do Porto dizem que tiveram de espremer os seios para comprovar que estão a amamentar para assim prolongar a redução de horário. A administração do Hospital de Santo António diz que o procedimento criado para detectar falsas licenças é opcional. No entanto, admite que vai ser revisto.

  • "O PSD não é o bombeiro de serviço desta geringonça"
    1:09

    TSU

    O líder da bancada social-democrata avisa os partidos da esquerda para que tenham o caso da TSU como exemplo e não voltem a usar o PSD como muleta em situações em que não estejam de acordo com o Governo, como pode vir a acontecer com as PPP no setor da saúde. Luís Montenegro foi entrevistado esta manhã na SIC Notícias.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.