sicnot

Perfil

País

Conselho da Europa proíbe patrões de vigiar empregados nas redes sociais

Conselho da Europa proíbe patrões de vigiar empregados nas redes sociais

As empresas estão proibidas de aceder aos emails dos trabalhadores e também não pode utilizar o que funcionários escrevem nas redes sociais para os despedir. É esta a ultima diretiva do Conselho da Europa que Portugal vai adotar. Em Portugal, já houve varios trabalhadores depedidos por causa de comentários que colocaram no Facebook.

  • Tribunal dita despedimento de trabalhador que publicou ofensas no facebook
    1:49

    País

    O tribunal do trabalho de Matosinhos deu razão ao empregador que alega justa causa no despedimento de um trabalhador por ofensas publicadas no facebook. O funcionário alega que o grupo onde fez as publicações era fechado e só de uma forma abusiva ou alguém infiltrado poderia ter acesso aos comentários. Contactado pela Sic, o advogado do funcionário diz que vai recorrer da sentença.

  • A inédita entrevista do príncipe Harry a Barack Obama
    0:47

    Mundo

    Foi divulgado um vídeo pouco habitual, onde aparece o príncipe Harry a entrevistar Barack Obama para um programa de rádio. A conversa foi gravada em setembro, durante um evento desportivo para militares com deficiência, e será transmitida na íntegra no dia 27 de dezembro.

  • Parlamento discute utilização de animais no circo
    2:01
  • Seis meses depois da tragédia de Pedrógão Grande
    5:55

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Assinalou-se este domingo meio ano desde que o país ficou em choque com o rasto de morte e destruição causado pelos incêndios florestais na região centro. A tragédia de Pedrogão Grande foi há precisamente seis meses. Enquanto segue a reconstrução no tempo possível e com o Natal à porta, a vida prossegue, mas não voltará a ser mesma.